Câmara da Argentina aprova legalização do aborto

O projeto de lei pela legalização do aborto foi aprovado por 129 a favor e 125 contra

A Argentina deu um passo importante nesta quinta-feira, 14, para a garantia dos direitos das mulheres. A Câmara dos Deputados aprovou um projeto de lei que prevê a legalização do aborto. Agora, o texto segue para o Senado.

O projeto foi aprovado por 129 a favor e 125 contra. Houve 1 abstenção. Para aprovar ou vetar o texto, eram necessários 128 votos. A proposta permite o aborto livre até a 14ª semana de gestação. Atualmente, a interrupção da gravidez é permitida apenas em caso de estupro ou risco para a vida da mulher.

A discussão no plenário da Câmara durou mais de 20 horas em meio a um ambiente tenso pela incerteza do resultado. Os deputados estavam divididos. Nas ruas ao redor do prédio do Congresso em Buenos Aires, manifestantes pró e contra a legalização faziam vigília.

Na América Latina, o aborto sem restrições é legal em Uruguai, Guiana Francesa e Cuba, além da Cidade do México. Já em El Salvador e Nicarágua é proibido em todos os casos. Nos demais países, só pode ser realizado em caso de risco de vida para a mulher, inviabilidade do feto ou estupro.

Manifestantes pró e contra a legalização do aborto faziam vigília em Buenos Aires
  • Leia também:
1 / 8
1
02:09
Maioria reprova mudanças para o trânsito propostas por Bolsonaro
De acordo com uma pesquisa Datafolha, divulgada neste domingo, dia 14, a maioria da população reprova o projeto de lei …
2
02:00
Jair Bolsonaro volta a defender filho Eduardo na embaixada nos EUA
Alvo de críticas desde a última semana por indicar Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para a embaixada do Brasil nos Estados Unidos, …
3
04:13
Eduardo Bolsonaro ganha bolsa embaixada de seu pai
O presidente Jair Bolsonaro disse em entrevista que pretende indicar seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro, como embaixador do …
4
06:27
Previdência: entenda como pode ficar a sua aposentadoria
A Câmara dos Deputados aprovou com 379 votos o texto-base da reforma da Previdência. No entanto, a proposta ainda pode …
5
01:58
Desastre na Bahia: Barragem se rompe e moradores deixam suas casas
Uma barragem se rompeu na cidade de Pedro Alexandre, a 435 quilômetros de Salvador, na Bahia, na manhã desta quinta-feira, …
6
16:59
Glenn no Senado: confira os principais momentos do depoimento
O jornalista Glenn Greenwald, editor do portal The Intercept Brasil, foi ao Senado prestar esclarecimento sobre o vazamento das mensagens …
7
03:14
Dimenstein: Por que eu defendo a reforma da previdência?
A Câmara aprovou nesta quarta-feira, 10, o texto principal da reforma da Previdência. O placar foi de 379 votos a …
8
03:22
Dimenstein: por que eu defendo Tabata Amaral?
Em meio à polêmica envolvendo a votação pela reforma da Previdência, que aconteceu nesta quarta-feira, 10, no plenário da Câmara, …