Campanha defende que todas as crianças cresçam em família

Criança precisa de afeto, de acolhimento, de amor. No entanto, na América Latina e no Caribe, vários fatores comprometem o direito das crianças de crescer com o cuidado de uma família protetora – pobreza, migrações, desastres naturais, deficiência, enfermidades, além de violência têm separados filhos de seus pais e mães em todo o continente.

Diante desta realidade, a organização Aldeias Infantis SOS lançou uma campanha com o mote #MeImporta. Veiculada em 19 países da América Latina e do Caribe, a iniciativa tem como objetivo mobilizar pessoas, organizações sociais, empresas e governos a atuar na garantia de viver em família.

A campanha que conseguir ainda o posicionamento de crianças que perderam o cuidado de suas famílias como um assunto da resolução sobre os Direitos das Crianças da Assembleia Geral das Nações Unidas 2019.

“Perder o cuidado de um filho porque políticas públicas não foram implementadas corretamente é uma violação dos direitos dessa família”, afirmou, em divulgação, a gestora nacional da SOS Brasil, Sandra Greco.

No Brasil, a iniciativa propõe a revisão do Plano Nacional de Promoção, Proteção e Defesa do Direito de Criança e Adolescentes à Convivência Familiar e Comunitária (PNCFC), levando em consideração o fortalecimento e a manutenção dos vínculos familiares e comunitários.

A família é uma referência. É onde cada indivíduo deve ser e sentir-se amado, cuidado, acolhido e protegido. Para as crianças, é ainda mais importante, faz parte do processo de desenvolvimento.

Atualmente, não existem dados quantitativos exatos sobre crianças e adolescentes que correm o risco de serem separados de suas famílias, o que é um problema. Esses dados são importantes para se pensar em políticas públicas e práticas institucionais, bem como tomar decisões adaptadas à realidade e às necessidades das crianças.

Sabe-se que na região 47% das crianças entre 0 e 14 anos vivem na pobreza. Além disso, 60% das crianças entre 2 e 14 anos sofrem violência contínua em suas casas como forma de disciplina. E quase dois milhões de crianças da região são vítimas de exploração sexual comercial.

A campanha #MeImporta propõe uma discussão e solução para as crianças que não têm uma família.

De acordo com o Cadastro Nacional de Crianças Acolhidas (CNCA), temos no Brasil 48 mil crianças e adolescentes separados de suas famílias e pouco mais de sete mil já estão para adoção, o restante a espera de ser reintegrada a sua família de origem.

Vale lembrar que, em 2019, comemora-se 10 anos desde a criação das Diretrizes das Nações Unidas sobre Cuidados Alternativos para Crianças, o que torna o assunto extremamente relevante.

Neste cenário, a campanha é o compromisso que a organização propõe à sociedade como um todo: dizer que nos preocupamos com crianças que não crescem em uma família. Para aderir, use a hashtag oficial da campanha – #MeImporta, e saiba mais acessando o site.

Leia mais:

1 / 8
1
03:46
‘Pretendo beneficiar um filho meu, sim’ diz Bolsonaro sobre embaixada
Em uma transmissão ao vivo pelas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro voltou a defender a nomeação de seu filho, …
2
03:15
Num ato de coragem, MBL pede desculpas publicamente
O jornalista Gilberto Dimenstein e a Catraca Livre já foram diversas vezes vítimas das milícias digitais do MBL com as …
3
03:04
O real motivo do ataque de Bolsonaro ao filme de Bruna Surfistinha
Jair Bolsonaro decidiu atacar o filme realizado por Deborah Secco sobre a ex-prostituta Bruna Surfistinha. Motivo oficial: o filme, usando …
4
02:13
Entenda os desdobramentos do caso Tabata Amaral no PDT
O PDT suspendeu a deputada federal Tabata Amaral e outros sete parlamentares que votaram a favor da reforma da Previdência, …
5
02:03
Incêndio em estúdio de animação em Japão deixa dezenas de mortos
Dezenas de pessoas morreram durante um incêndio criminoso que tomou conta do estúdio de animação da Kyoto Animation, na cidade …
6
02:19
Barragem abandonada corre risco de rompimento no interior de SP
Uma matéria publicada pelo G1 alerta para o risco de rompimento da barragem de água em Iaras, no interior de …
7
02:30
O que significa a gargalhada de Caetano Veloso?
Um vídeo do cantor Caetano Veloso gargalhando está viralizando nas redes sociais. O motivo da piada é a entrevista que …
8
01:51
Site ‘Não me Perturbe’ permite bloquear ligações de telemarketing
A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) lançou o Não me Perturbe, site que permite bloquear ligações de telemarketing. O sistema …