Campanha mobiliza médicos em combate à poluição nas cidades

A poluição do ar atmosférico é responsável por uma em cada nove mortes no mundo

Por: Redação | Comunicar erro

Em todo o mundo, 92% das pessoas vivem em locais que não atendem às diretrizes da Organização Mundial da Saúide (OMS) para a qualidade do ar. Além disso, a poluição é responsável por uma em cada nove mortes no planeta.

Foi pensando nesse problema que surgiu a campanha Cidades sem Máscara (Unmask my City), criada por médicos e profissionais de saúde de 10 cidades em quatro continentes pelo mundo com o objetivo de combater a poluição do ar.

Índia
Crédito: Greg McNevinÍndia

A iniciativa mobilizou, pela primeira vez em nível global, o setor de saúde pelo cumprimento dos padrões da OMS para qualidade do ar até 2030, estimulando as cidades a adotarem medidas efetivas para a redução da poluição. Essas medidas também contribuem para o combate ao aquecimento global.

O projeto é resultado de uma parceria entre a Global Climate and Health Alliance (GCHA), Health Care Without Harm, Health and Environment Alliance, US Climate and Health Alliance e UK Health Alliance for Climate Change.

As cidades representadas pelas organizações parceiras incluem: São Paulo (Brasil); Chennai (Índia); Varsóvia (Polônia); Belgrado (Sérvia); Emalahleni (África do Sul); Adana, Hatay e Istambul (Turquia); Londres (Reino Unido); e Salt Lake City, em Utah (Estados Unidos).

São Paulo (Brasil)
Crédito: Jon SpaullSão Paulo (Brasil)
Polônia
Crédito: Greg McNevinPolônia
Polônia
Crédito: Greg McNevinPolônia
Turquia
Crédito: Greg McNevinTurquia
Índia
Crédito: Greg McNevinÍndia

Para Jeni Miller, Diretora Executiva da Global Climate and Health Alliance, “os profissionais de saúde reconhecem a ameaça que a poluição do ar representa para seus pacientes e sentem a responsabilidade de falar sobre isso”.

“A poluição do ar urbano está se intensificando em muitos lugares, e seu efeito sobre a saúde humana e sobre a mudança do clima global é também pior do que se sabia anteriormente. Ao transformar os sistemas de transporte e energia em nossas cidades, podemos ajudar a alcançar um clima seguro e melhorar a saúde pública, construir economias mais fortes e melhorar a qualidade de vida de maneira que todos se beneficiem”, afirma Miller.

  • Leia mais:

Compartilhe:

1 / 8
1
53s
Operação Lava Jato prende ex-presidente Michel Temer
Em mais uma etapa da Operação Lava Jato, a Polícia Federal prendeu na manhã desta quinta-feira, 21, o ex-presidente Michel …
2
02:53
Suzano e Nova Zelândia: os impactos da exposição excessiva
A primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, disse que o nome do atirador que matou 50 pessoas em uma mesquita em …
3
02:28
Posse de armas: Nova Zelândia dá exemplo de civilidade ao mundo
Após chocar o mundo nesta semana com o massacre de 50 pessoas em duas mesquitas de Christchurch, a Nova Zelândia …
4
03:10
Entenda o mistério por trás da boneca Momo
Ainda mais perturbador, o Desafio da Momo está de volta e desta vez a boneca aparece supostamente dentro de vídeos …
5
02:25
Bolsonaro apoia a construção de muro entre EUA e México
Em viagem diplomática a Washington, o presidente Jair Bolsonaro disse apoiar a construção do muro na fronteira entre EUA e México, …
6
01:42
A nova decisão do STF e o futuro da Lava Jato
O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que a partir de então os crimes de lavagem de dinheiro e corrupção quando …
7
02:31
Atentado na Nova Zelândia: crimes transmitidos nas redes sociais
Mais um atentado terrorista chocou o mundo nesta sexta-feira, dia 15. Um atirador realizou ataques simuntâneos em duas mesquitas, deixando …
8
01:45
O lugar em que os atiradores de Suzano foram considerados heróis
Uma reportagem publicada nesta terça-feira, 14, pelo portal da Vice indica que os atiradores que invadiram a Escola Estadual Raul …