Campanha pede que homens fechem as pernas no transporte público

A iniciativa foi criada em Madri, na Espanha

Por: Redação
Crédito: Getty ImagesA prática é chamada pelo termo inglês “Manspreading”

Uma campanha de Madri, na Espanha, faz um apelo para que os homens fechem as pernas ao andarem no transporte público da cidade.

De acordo com informações da “BBC Brasil“, a empresa municipal de transporte, a EMT, espalhou placas com a imagem de um homem sentado, com as pernas abertas, ao lado de um X vermelho. A ação também foi feita no sistema de metrô.

A ação foi motivada por uma petição virtual de mulheres

A iniciativa nasceu após uma petição virtual, que teve mais de 12 mil assinaturas, criada por um grupo de apoio a mulheres. Outras cidades pelo mundo já tomaram medidas semelhantes.

Em comunicado, a EMT informou que o objetivo das novas placas era lembrar os passageiros do sexo masculino sobre “a necessidade de manter o comportamento cívico e respeitar o espaço de todos a bordo do ônibus”.

O grupo “Mujeres en Lucha” (“Mulheres em Luta”) disse na petição que não era raro no transporte público presenciar mulheres “com suas pernas fechadas e muito desconfortáveis por causa de um homem sentado a seu lado e invadindo seu espaço”.

Nas redes sociais, a hashtag #MadridSinManspreading (#MadridsemManspreading) foi usada por muitas internautas, em referência ao termo em inglês que define a prática (“Manspreading”).

O que você acha sobre uma campanha desse tipo no Brasil?

  • Leia mais:

Compartilhe: