Campanha #SouFeministaPq discute direitos das mulheres nas redes sociais

Por: Redação

Preconceito, assédio, desigualdade, misoginia, feminicídio. São muitos os motivos para lutar pelos direitos das mulheres. Pensando nisso, as páginas Não Me Kahlo e Monas lançaram neste domingo, dia 21, a hashtag #SouFeministaPq para discutir casos de machismo e violência de gênero nas redes sociais.

Com a hashtag, as internautas estão compartilhando frases que mostram a importância do feminismo e a necessidade de existir uma luta contra a violência diária sofrida pelas mulheres. Até agora, foram muitos os relatos publicados e a ação está nos Trending Topics (“assuntos do momento”) do Twitter.

 

Veja alguns posts abaixo:

Crédito: Heloisa 

#SouFeministaPq a cada 12 segundos uma mulher é violentada no Brasil (e porque toda vítima sempre tem sua palavra questionada).

Posted by Alice Menda on Domingo, 21 de febrero de 2016

#soufeministapq no patriarcado as mulheres podem até sobreviver (umas nem isso), mas eu quero é que a gente possa viver e viver sem medo, viver com gosto, viver feliz.

Posted by Clara Rocca on Lunes, 22 de febrero de 2016

#SouFeministaPq não suporto mais ter que ouvir que sou mulher e por isso TENHO que fazer algo. sou feminista porque…

Posted by Jéssika Pereira on Lunes, 22 de febrero de 2016

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.