Informar

Cão sofre parada cardíaca devido a fogos durante jogo do Brasil

O episódio aconteceu em Rio Branco, no Acre, durante o jogo entre Brasil e México, pela Copa do Mundo

Por: ANDA - Agência de Notícias de Direitos Animais | Comunicar erro
Crédito: Arquivo PessoalO cão yorkshire chamava Thor

Por ANDA

O cão yorkshire chamado Thor é mais uma vítima fatal do estampido causado por fogos de artificio. O episódio aconteceu em Rio Branco, no Acre, durante o jogo entre Brasil e México, pela Copa do Mundo 2018. Segundo a tutora do cachorro de apenas dois anos vida, ele foi vítima de uma parada cardíaca.

A guardiã de Thor, a acadêmica Michelle Papa, contou em entrevista ao portal G1 que a tragédia teve início no primeiro tempo do jogo. “Estava feliz, brincando, acordou e saiu correndo pela casa. Fui no quarto da minha mãe e ele ficou no meu quarto, quando voltei, ele estava deitado, aí eu disse: ‘Thor tu já deitou aí?’. E ele não respondeu, quando eu vi estava com a língua para o lado de fora.”

Ela afirma ainda que realizou tentativas de reanimação. “Fiz todo o procedimento, chamei uma enfermeira que mora aqui na frente e ela falou que ele já estava morto. Mesmo assim, fui pela cidade atrás de um veterinário, um absurdo, não tinha nenhum aberto só o doutor Oarde. Ele atendeu o Thor, mas, infelizmente, ele já chegou na clínica morto, não tinha o que fazer”, explicou.

Confira o final desta história e outras notícias inspiradoras sobre animais na ANDA (Agência de Notícias de Direitos Animais).

Como proteger seu cão do barulho causado por fogos de artifício?

Compartilhe:

Autor: ANDA - Agência de Notícias de Direitos Animais

O maior portal de notícias sobre animais do Mundo.