Carnaval do Rio de Janeiro: a diversidade venceu

Com Beija-Flor campeã, e Tuiuti vice, a maior festa popular do mundo mostrou que fervo também é luta

Beija-Flor vence o Desfile das Escolas de Samba do Rio de Janeiro em 2018

No Desfile das Escolas de Samba do Rio de Janeiro, não foi só a Beija-Flor que levantou o troféu. Com enredos politizados e que trouxeram à luz temas muito importantes, a diversidade venceu.

Sob o enredo “Monstro É Aquele Que Não Sabe Amar (Os Filhos Abandonados da Pátria Que Os Pariu)”, a Beija-Flor levantou a Marquês de Sapucaí e mostrou que o Carnaval não é apenas para deixar os problemas de lado. Muito pelo contrário. A maior festa popular do mundo serviu de palanque para as mazelas sociais e de grito libertário para as minorias.

“Ganância veste terno e gravata
Onde a esperança sucumbiu
Vejo a liberdade aprisionada
Teu livro eu não sei ler, Brasil!”

(Trecho do samba da Beija-Flor)

O FENÔMENO TUIUTI

A Paraíso do Tuiuti foi, provavelmente, o maior destaque do ano. A escola foi campeã no Grupo de Acesso em 2016, e obteve a 12ª posição no Grupo Especial em 2017. Este ano, para surpresa de muitos, a novata da elite carioca ficou em segundo lugar, apenas um décimo atrás da agremiação de Nilópolis.

Sob o enredo “Meu Deus, Meu Deus, Está Extinta a Escravidão?”, levou à avenida críticas contundentes, e não poupou nomes. Fez do presidente Michel Temer um vampirão usurpador, de sua comissão de frente uma verdadeira repulsa à escravidão no Brasil.

“Não sou escravo de nenhum senhor
Meu Paraíso é meu bastião
Meu Tuiuti o quilombo da favela
É sentinela da libertação”

(Trecho do samba da Paraíso do Tuiuti)

  • Veja a classificação completa:

1º Beija-Flor – 269,6 (CAMPEÃ)

2º Paraíso do Tuiuti – 269,5

3º Salgueiro – 269,5

4º Portela – 269,4

5º Mangueira – 269,3

6º Mocidade Independente de Padre Miguel – 269,3

7º Unidos da Tijuca – 269,1

8º Imperatriz – 268,8

9º Vila Isabel – 268,1

10º União da Ilha – 267,3

11º São Clemente – 266,9

12º Grande Rio – 266,8 (REBAIXADO)

13º Império Serrano – 265,6 (REBAIXADO)

Compartilhe:

1 / 8
1
11:47
Não é Não: tatuagens contra o assédio no Carnaval
Luka Campos, idealizadora da campanha Não é Não, foi a convidada pelo programa Entrevista por Catraca Livre desta semana para …
2
01:40
Desvio em fundos de incentivo para mulheres
O Supremo Tribunal Federal e Tribunal Superior Eleitoral determinaram que 30% dos fundos públicos de financiamiento de campanhas sejam destinados …
3
15:17
Sai Jean Wyllys, entra David Miranda
David Miranda, substituto de Jean Wyllys como deputado federal, é o convidado de estreia do programa Entrevista por Catraca Livre. …
4
01:37
Saiba o que muda com o novo decreto de posse de armas
Conforme prometido durante a campanha eleitoral, o presidente Jair Bolsonaro assinou o decreto que flexibiliza a posse de armas no Brasil. …
5
01:27
Rosa para meninas e azul para meninos?
Ao longo da história muita coisa mudou, inclusive a forma como meninos e meninas eram vestidos. No século XVIII, por …
6
01:38
O que é e o que faz o COAF?
O Conselho de Controle de Atividades Financeiras é um órgão de inteligência do governo federal, criado em 1998, para combater …
7
01:51
Brumadinho e a situação das barragens de rejeito no Brasil
De acordo com informações da Agência Nacional de Água (ANA), existem mais de 24 mil barragens no Brasil. Desse total, …
8
01:37
Saiba o que muda com o novo decreto de posse de armas
Conforme prometido durante a campanha eleitoral, o presidente Jair Bolsonaro assinou na manhã desta terça-feira, 15, o decreto que flexibiliza a …