Chefe pede para casal ser “menos lésbico” e perde funcionárias

Sheri e Monk largaram o emprego e abriram uma mercearia

Por: Redação | Comunicar erro
Tags: #lesbofobia

Sheri e Alyssa Monk faziam parte da equipe de paramédicos de Pincher Creek, no Canadá. Recentemente, elas pediram demissão depois de o chefe insistir para que elas fossem “menos lésbicas”.

iStock/NejroN

O casal acusa o chefe de discriminação. Segundo Sheri e Monk, elas foram avisadas que não poderiam falar sobre questões pessoais ou demonstrar afeto publicamente.

De acordo com relatos de outros colegas à CBC News, elas não se comportavam mal dentro do ambiente de trabalho. A palavra “esposa” foi o estopim do pedido de demissão.

O casal entrou com recurso na Comissão de Direitos Humanos.

Compartilhe:

1 / 8
1
00s
Quem foi Chico Mendes?
Chico Mendes nasceu em Xapuri, no Acre, em uma família de seringueiros, ofício que herdou de seu pai. Ao longo …
2
01:40
Desvio em fundos de incentivo para mulheres
O Supremo Tribunal Federal e Tribunal Superior Eleitoral determinaram que 30% dos fundos públicos de financiamiento de campanhas sejam destinados …
3
15:17
Sai Jean Wyllys, entra David Miranda
David Miranda, substituto de Jean Wyllys como deputado federal, é o convidado de estreia do programa Entrevista por Catraca Livre. …
4
01:37
Saiba o que muda com o novo decreto de posse de armas
Conforme prometido durante a campanha eleitoral, o presidente Jair Bolsonaro assinou o decreto que flexibiliza a posse de armas no Brasil. …
5
01:27
Rosa para meninas e azul para meninos?
Ao longo da história muita coisa mudou, inclusive a forma como meninos e meninas eram vestidos. No século XVIII, por …
6
01:38
O que é e o que faz o COAF?
O Conselho de Controle de Atividades Financeiras é um órgão de inteligência do governo federal, criado em 1998, para combater …
7
01:51
Brumadinho e a situação das barragens de rejeito no Brasil
De acordo com informações da Agência Nacional de Água (ANA), existem mais de 24 mil barragens no Brasil. Desse total, …
8
01:37
Saiba o que muda com o novo decreto de posse de armas
Conforme prometido durante a campanha eleitoral, o presidente Jair Bolsonaro assinou na manhã desta terça-feira, 15, o decreto que flexibiliza a …