Sem máscaras, clientes de bar no Rio debocham de fiscais

Frequentadores de um bar na Barra não se intimidaram e cantaram "eu não vou embora"

Por: Redação

Clientes de um bar na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro, que estavam sem máscaras não se intimidaram com a fiscalização da Vigilância Sanitária e debocharam dos fiscais cantando “eu não vou embora”.

O caso ocorreu na noite de sexta-feira,3, em um estabelecimento da avenida Olegário Maciel. As informações são do jornal Extra.

Bar no Rio
Crédito: Reprodução/TwitterPúblico em bar no Rio canta que ‘não vai embora’ mesmo com fiscalização

O vídeo com os clientes tripudiando dos fiscais da Vigilância Sanitária foi compartilhado pelo deputado Marcelo Freixo (PSOL-RJ) no Twitter.

“Cenas grotescas da Barra da Tijuca ontem. O país se lança no abismo e ainda debocha da própria desgraça. Que vergonha”, escreveu o parlamentar na publicação.

O uso de máscaras é uma das séries de recomendações da prefeitura para reabertura de bares e restaurantes na cidade.


#NessaQuarentenaEuVou – Dicas durante o isolamento:


Em balanço divulgado pela prefeitura, três bares na mesma avenida foram interditados ontem.

Outros 23 estabelecimentos foram inspecionados. A ação resultou em 28 multas. Um bar em Botafogo e quatro no Leblon foram multados “por manterem mesas e cadeiras dispostas de forma irregular, promovendo a aglomeração e a ocupação ilegal”.

Em nota ao Extra, a prefeitura disse que o foco das operações é “conferir se as medidas higiênico-sanitária para o combate à covid-19 estão sendo cumpridas, incluindo o fornecimento de insumos para a higienização das mãos, como dispensadores de sabonete líquido, papel-toalha descartável e álcool 70% em gel.”

Reabertura de bares no Rio

Bares e restaurantes no Rio reabriram na última quinta-feira, 2, após três meses fechados por conta da quarentena.

As cenas de clientes aglomerados na calçada sem máscaras repercutiram negativamente nas redes sociais.

Compartilhe: