Publicidade

Informar

Com “Desabafo Social”, jovens de regiões periféricas são apresentados a direitos humanos e cidadania

Projeto surgido em Salvador já se espalhou para São Paulo, Pará, Maranhão, Rio Grande do Norte e Ceará

Por: Redação | Comunicar erro
...
Publicidade

O Desabafo Social também tem o projeto “Da janela pra lá” que procura compartilhar as diferentes realidades urbanas por meio da fotografia, “fazendo um diálogo paralelo sobre como a mídia retrata cada cidade, cada bairro”.[/img]

A iniciativa usa duas metodologias para levar os direitos humanos aos menores: a sensibilização e a produção. A primeira delas acontece durante o momento de discussão dos temas – como e por que acontecem, quais são os riscos, como é possível mudar. Já a segunda é por meio da produção e exploração do território, que significa a construção de algo em comum, isto é, a materialização, a prática, onde são produzidos fanzines, colagens e textos.

Outro movimento realizado pelo Desabafo Social é o Desabafo na Ponta dos Dedos, que é uma seção do site criada para ensinar crianças e jovens a se cuidar, sobretudo em relação a temas como exploração sexual. O espaço oferece dicas de como prevenir, para onde ligar e a quem pedir ajuda.

Para saber mais sobre o projeto, veja o vídeo feito pelo Imagina na Copa sobre o Desabafo Social.

Com informações do Porvir. Leia a matéria na íntegra.

Compartilhe:

Publicidade
Publicidade

Você sabe o que é feminicídio?

O restaurante de comida havaiana do ex-masterchef Ravi

Conheça o lavandário de Cunha

ASMR: O fenômeno do "orgasmo mental"

Publicidade