Covid reduz consumo de carne nos EUA pela 1ª vez em seis anos

Espera-se que a redução em demanda de produtos animais afete mais criadores de vacas, porcos e perus

Por: ANDA - Agência de Notícias de Direitos Animais

O consumo de carne per capita neste ano está previsto a cair pela primeira vez nos Estados Unidos desde 2014, de acordo com pesquisadores do Instituto de Pesquisa de Políticas Agrícolas e Alimentares da Universidade de Missouri.

Espera-se que a redução em demanda de produtos animais afete mais criadores de vacas, porcos e perus e dure até pelo menos 2025.

Por que eu amava cachorros, mas comia porcos?

Crédito: PixabayEstudo prevê redução do consumo de carne vermelha nos EUA

A redução é devido à pandemia de covid-19, que causou um aumento significante na taxa de desemprego e que coincidiu com o aumento de preços de carne.


#NessaQuarentenaEuVou – Dicas durante o isolamento:


Recentemente, houve uma escassez de produtos à base de carne devido ao fechamento de matadouros e outros distúrbios na cadeia de suprimentos do produto após milhares de trabalhadores da indústria ao redor do país terem testado positivo para o novo coronavírus.

Confira o final desta história e outras notícias inspiradoras sobre animais na ANDA (Agência de Notícias de Direitos Animais).

Por: ANDA - Agência de Notícias de Direitos Animais

O maior portal de notícias sobre animais do Mundo.

Termos da rede:

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário ANDA - Agência de Notícias de Direitos Animais da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.