Deputado que destruiu placa de Marielle ataca diretora de escola

"Todos os professores têm o meu respeito. Professores de esquerda têm o meu desprezo", disse Daniel Silveira (PSL)

Por: Redação

O deputado federal eleito Daniel Silveira (PSL), que destruiu uma placa em homenagem à vereadora assassinada Marielle Franco (PSOL), gravou e postou em suas redes sociais um vídeo em que ataca a diretora do Colégio Estadual Dom Pedro II, em Petrópolis , Rio de Janeiro, Andrea Nunes Constâncio.

No vídeo, ele pede para que seu depoimento seja compartilhado como seu presente de aniversário. “Todos os professores têm o meu respeito”, diz ele. “Professores de esquerda têm o meu desprezo. Quero deixar isso claro”, completa. Ele afirma que a escola é doutrinadora, que cultua a “libertinagem, entorpecentes, aborto e confronto com autoridades”.

No depoimento, Silveira ainda afirma que pedirá auditoria da gestão de Andrea na escola, porque ela teria feito retaliações a funcionários que o deixaram ter acesso ao local. Segundo o deputado eleito, sua visita tinha a intenção de contribuir para “a modernização do sistema de nota, falta e presença, para ajudar a vida dos professores”.

Assista ao vídeo na íntegra:

Meu aniversário e recebo um presente dos esquerdistas do sindicato estadual dos profissionais de educação(SEPE). Meu trabalho vai valer a pena. #NossaBandeiraJamaisSeráVermelha

Posted by Daniel Silveira on Sunday, November 25, 2018

Compartilhe: