Últimas notícias:

Loading...

Dimenstein: ‘Nem Bolsonaro nem o PT são o melhor para o Brasil’

Precisamos de uma convivência na divergência

A esta altura, parece não haver mais alternativa. Mas o fato é que é nem Jair Bolsonaro nem o PT são o melhor para o Brasil.

Fernando Haddad é mais preparado e civilizado do que Bolsonaro. Foi ministro da Educação e prefeito de São Paulo.  Sempre se pautou pelo diálogo _ além de ter uma sólida base acadêmica.

 O país precisa aprender a conviver com a divergência

Mas tanto o PT quanto o Bolsonaro dividem o país, colocando em risco a estabilidade.

O que o Brasil mais precisa agora é de uma convivência na divergência.

PT no poder significa que a Lava Jato vai continuar no topo da agenda. Até porque Lula ainda será forte: mesmo preso, com influência na cadeia.

Aquela mesma base que levou ao impeachment de Dilma Rousseff, iria continuar ativa. Acrescida de um Bolsonaro falando em fraude nas eleições.

Com Bolsonaro no poder, temos um quadro previsível: um indivíduo despreparado, sem tradição de alianças e diálogos, obrigado a fazer acertos no Congresso para aprovar reformas.

Contra ele, grupos organizados de trabalhadores, mulheres, LGBT e por aí vai. Terá de cair nos braços do Centrão, derretendo sua narrativa moralista.

Mas o jogo já parece jogado.

E o que nos resta _ aos democratas responsáveis _ é defender convivência na divergência para evitar a contaminação do ódio.

Compartilhe: