Doação de Greta Thunberg para a Amazônia vai combater covid-19

A ativista sueca irá destinar cerca de R$ 600 mil para ajudar populações indígenas na luta contra a doença

Por: Redação

No Dia do Amigo, essa é uma prova de amizade e tanto. Uma doação de Greta Thunberg para a Amazônia, divulgada hoje, mostra que, para a ativista sueca, a floresta é coisa pra se guardar no lado esquerdo do peito.

Aqui ela está de azul, mas verde é a cor mais quente da amizade de Greta Thunberg pela floresta
Crédito: DivulgaçãoAqui ela está de azul, mas verde é a cor mais quente da amizade de Greta Thunberg pela floresta

Greta anunciou que vai destinar ao menos 100 mil euros, o equivalente a R$ 610 mil, para um projeto de combate ao novo coronavírus na Amazônia.

Esse projeto faz parte da campanha SOS Amazônia e pretende oferecer insumos e serviços médicos para a população que vive na floresta.

Estima-se que mais de 10 mil indígenas brasileiros tenham contraído a covid-19 até o começo de julho.

A ativista não tem nada de amiga da onça Só se for da onça-pintada mesmo, a que habita a Amazônia.

Afinal, já em maio ela encabeçou uma campanha nacional para apoiar Manaus, capital do Amazonas, no combate à covid-19.

‘Amiga da floresta’

A “amiga da floresta”, aliás, está mesmo podendo: a doação de Greta Thunberg para a Amazônia será proveniente de um prêmio de 1 milhão de euros, ou mais de R$ 6 milhões, que ela ganhou em um concurso promovido pela Fundação Calouste Gulbenkian, de Portugal.

Greta foi selecionada entre 136 candidatos de 46 países.

Sorte dela e das populações da Amazônia. Porque, com a ativista sueca, os habitantes da nossa floresta podem contar. Isso é que é amiga.

LEIA TAMBÉM: