CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Eduardo Bolsonaro debocha de Joice Hasselmann que dá a melhor resposta

O filho de Bolsonaro publicou uma foto que mostra o rosto da parlamentar em uma nota de R$ 3, mas ela não deixou barato, não

Por: Redação

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) debochou de Joice Hasselmann que deu a melhor resposta, nesta sexta-feira, 18, em meio à crise entre a cúpula do PSL e a ala bolsonarista do partido. O deputado usou as redes sociais para alfinetar a colega de Casa e de legenda. Ele publicou uma foto que mostra o rosto da parlamentar em uma nota de R$ 3.

eduardo bolsonaro joice hasselmann
Crédito: Agência Brasil e Agência BrasilEduardo Bolsonaro debocha de Joice Hasselmann que dá a melhor resposta

Junto à imagem da nota de R$ 3 com o rosto de Hasselmann Eduardo postou críticas duras à deputada. “Se acha a dona de tudo (…), mas correu a noite coletando assinaturas para termos Delegado Waldir de líder”, escreveu.”Ou seja, no final das contas estão todos trabalhando contra o cara que os elegeu, mas pela frente dizem que estão com Bolsonaro e postam fotos com ele — se não precisavam de Bolsonaro por que se filiaram ao partido dele na eleição?”

View this post on Instagram

Ainda bem que é a inteligência emocional do PR que é -20… Se acha a dona de tudo, "porque EU aprovei", "porque EU isso", "EU aquilo", "EU sou mais filha do que os filhos do presidente", "EU sou a Bolsonaro de saias", mas correu a noite coletando assinaturas para termos Delegado Waldir de líder, pessoa que irritada com o Presidente orientou obstrução à MP 886, botando em risco uma pauta nacional devido a um problema pessoal. Foi além, tirou da CPMI da Fake News os mais combatentes deputados, Filipe Barros @filipebarrosoficial e Caroline de Toni @carolinedetoni , nesta CPMI que visa apenas desgastar o governo. Ou seja, final das contas estão todos trabalhando contra o cara que os elegeu, mas pela frente dizem que estão com Bolsonaro e postam fotos com ele – se não precisavam de Bolsonaro por que se filiaram ao partido dele na eleição? Não há mais espaço para ingenuidade. Tá cheio de gente que acabou de subir no ônibus e quer sentar na janela. O nosso foco não pode ser o poder, político que trabalha apenas pelo voto acaba se tornando político padrão. Vise agradar seu eleitor e ser fiel, pois de pessoas desleais a sociedade tem asco. Obs: se não fossem reiteradas entrevistas dando munição aos nossos inimigos este post não estaria sendo feito.

A post shared by Eduardo Bolsonaro🇧🇷 (@bolsonarosp) on

Joice, por sua vez, respondeu em seu Twitter afirmando que “não tem medo da milícia, nem de robôs” e que sabe quem os seguidores do presidente são e “o que fizeram no verão passado”. “Olha só mais um ‘presentinho’ da milícia digital para mim. Anota aí: NÃO TENHO MEDO DA MILÍCIA, NEM DE ROBÔS! Meus seguidores são DE VERDADE, orgânicos. E não se esqueçam que eu sei quem vocês são e o que fizeram no verão passado”, postou a ex-líder.

Entenda o caso

Na quinta-feira, 17, Joice Hasselmann foi retirada da liderança do governo no Congresso e substituída pelo deputado Eduardo Gomes (MDB-TO). A mudança ocorreu depois de a deputada ter apoiado a manutenção de Delegado Waldir (GO) como líder do PSL. Bolsonaro defendia a troca por Eduardo.

Hasselmann reagiu com sensatez. “Eu assinei a lista [de apoio ao deputado] Waldir porque eu dei a minha palavra. Eu não vou sacrificar a minha palavra e a minha honra por conta de dois meses na liderança, botando um menino na liderança que não consegue nada sozinho”, disse Joice, referindo-se à guerra de listas deflagrada entre a ala bolsonarista do PSL e o grupo alinhado ao deputado Luciano Bivar (PSL-PE), presidente da sigla.

“Nem com a ajuda do pai [o Eduardo] conseguiu a maioria para estar líder do PSL. Então que tipo de liderança há no Eduardo Bolsonaro? Eu gosto do Eduardo Bolsonaro, agora tudo o que ele conseguiu foi à sombra de alguém. Nem mesmo com a interferência direta do presidente da República ele conseguiu maioria para ser líder. E se conseguir eventualmente, porque a pressão continua; se conseguir de um ou de outro, não vai ter legitimidade”, completou.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.