Últimas notícias:

Loading...

Eduardo Bolsonaro compara Simone à Maria do Rosário e web se revolta com machismo

"Toda vez que a mulher ousa discordar, enfrentar, ela é chamada de descontrolada", disse a senadora na abertura da sessão da CPI da Covid

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), fez uma publicação machista, afirmando que a senadora Simone Tebet (MDB-MS) é a “Maria do Rosário do Senado”. Em mensagem publicada nas redes sociais, ele comparou a reação da senadora com a deputada federal do PT. Internautas se revoltaram com mais uma postura machista do filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Eduardo Bolsonaro compara Simone à Maria do Rosário e web se revolta com machismo
Crédito: Reprodução/Instagram @bolsonarosp - Reprodução/GlobonewsEduardo Bolsonaro compara Simone à Maria do Rosário e web se revolta com machismo

Em 2014, o então deputado Jair Bolsonaro para Maria do Rosário que ela não merecia ser estuprada porque ele a considera “muito feia” e porque ela “não faz” seu “tipo”. Nesta última terça-feira, 21, durante a CPI da Covid, o ministro da CGU (Controladoria-Geral da União), Wagner Rosário, afirmou que Simone Tebet estava “totalmente descontrolada”.

A fala gerou reação automática dos senadores, que chamaram o ministro de “machista” e “moleque”. Depois de uma confusão criada no local, a sessão foi encerrada.

Simone Tebet, abriu  a sessão da CPI da Covid nesta quarta-feira, 22 e fez questão de rebater às críticas internas e externas a respeito do ocorrido.

“Toda vez que a mulher ousa discordar, enfrentar, ela é chamada de descontrolada. Então essa palavra para nos que ocupamos espaços públicos é inadmissível. Então fica um pedido aos senhores de que essa palavra emblemática não pode ser dirigida a uma mulher enquanto ela está falando, se posicionando, ou defendendo as suas ideias. Fica aqui meu reconhecimento ao Senado Federal, que saiu maior e melhor a partir de ontem”.

A senadora não comentou sobre o tuíte de Eduardo Bolsonaro, publicado mais cedo.

Repercussão da web

Compartilhe:

Tags: #Machismo