Eduardo e Flávio Bolsonaro compartilham fake news ao comentarem protestos

Eduardo e Flávio Bolsonaro recorrem à fake news para difamar manifestantes contra o governo

Por: Redação

No cenário tresloucado que se tornou a política brasileira, os filhos do presidente Jair Bolsonaro, mais uma vez, protagonizaram um episódio envolvendo a divulgação de fake news.

Em meio à repercussão diante das manifestações contra o governo no último domingo, 31, o deputado federal Eduardo (PSL) e o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos) recorreram à imagem do Winston Churchill para questionar os objetivos dos participantes.

No Twitter, ambos publicaram uma frase erroneamente atribuída ao ex-primeiro ministro britânico, que diz: “Os fascistas do futuro chamarão a si mesmos .”

Churchill realmente disse a tal frase ?

Não.

Segundo a Internacional Society, responsável pelo legado do premiê britânico, Churchill jamais mencionou a frase citada pelos filhos de Bolsonaro. “A frase não é uma das que já foi documentada como tendo sido dita ou escrita por Churchill”, afirmou David Freeman, editor do Churchill Bulletin.

Ele acrescenta ainda o fato de Churchill criticar, publicamente, as duas diretrizes políticas. E para isso cita um artigo escrito por ele em 1937 quando compara comunismo e fascismo aos “polo sul e polo Norte. Eles estão nos extremos opostos da Terra, mas se você acordar em um deles amanhã, você não saberá qual é qual.”

Compartilhe: