Últimas notícias:

Loading...

Entenda a treta entre Ciro e Dilma que terminou em bate-boca na web

A ex-presidente disse que o pedetista está no 'fundo do poço' e o chamou de 'misógino', enquanto ele reagiu dizendo que ela é 'incompetente e presunçosa'

Por: Redação

Nesta quarta-feira, 13, o presidenciável Ciro Gomes (PDT) e a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) protagonizaram uma discussão que terminou com bate-boca no Twitter.

Crédito: Reprodução/ Instagram @cirogomes e @dilmarousseffEntenda a treta entre Ciro e Dilma que terminou em bate-boca na web

O desentendimento entre os dois começou com as declarações de Ciro em uma entrevista ao podcast do Estadão. O pré-candidato à presidência da República afirmou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) “conspirou” para a concretização do impeachment de Dilma, que foi afastada do cargo em 2016.

“Eu atuei contra o impeachment e quem fez o golpe foi o Senado Federal. Quem presidiu o Senado? Renan Calheiros. Quem liderou o MDB nessa investida? O Eunício Oliveira. Com quem o Lula está hoje?”, perguntou. “Hoje, eu estou seguro que o Lula conspirou pelo impeachment da Dilma, estou seguro”, afirmou Ciro Gomes.

Ainda na entrevista ao podcast do Estadão, Ciro resgatou que seu irmão, o senador Cid Gomes (PDT-CE), chegou a questionar, na época do impeachment, se o PT realmente queria impedir que acontecesse da ex-presidente.

Ciro Gomes
Crédito: Reprodução/Instagram @cirogomesCiro Gomes

“O meu irmão, que também estava lutando [contra o impeachment], me chamou e falou assim: ‘Será que esses caras querem impedir o impeachment?’. Agora estou seguro que eles estavam colaborando pelo impeachment da Dilma, porque nas eleições de 2018 o Lula estava com o Renan Calheiros e queria que eu me envolvesse nisso, eu que fui para as ruas, [sendo que à época] era muito impopular defender a Dilma. Agora os amigos do peito são eles”, completou.

Além dessas declarações, Ciro postou um vídeo com críticas a Lula em suas redes sociais.

Ciro afirma no vídeo que Lula “não renovou as ideiais”, “nunca pediu perdão” pelos erros que cometeu enquanto presidente e agora, prestes a disputar uma nova eleição, está se aliando “às mesmas pessoas incluindo aqueles que derrubaram Dilma”.

“Se você pensa em apoiar Lula por causa do que ele fez no passado, talvez fosse o caso de refletir mais profundamente. Você acha que ele terá condições de governar bem nos dias de hoje? Lembre que o Brasil mudou muito, e Lula não renovou as ideias? Será que ele se corrigiu e não vai repetir aqueles erros terríveis que você só descobriu depois? O pior é que você nunca viu ele pedir perdão pelos erros e está vendo ele se juntar, de novo, às mesmas pessoas”, afirma Ciro Gomes.

Depois disso, a ex-presidente Dilma resolveu se pronunciar em seu perfil no Twitter. “Ciro Gomes está tentando de todas as formas reagir à sua baixa aprovação popular. Mais uma vez mente de maneira descarada, mergulhando no fundo do poço. O problema, para ele, é que usa este método há muito tempo e continua há quase uma década com apenas 1 dígito nas pesquisas.”

Em seguida Ciro Gomes respondeu: “Na vida nunca menti. Mas errei algumas vezes. Uma delas quando lutei contra o impeachment de uma das pessoas mais incompetentes, inapetentes e presunçosas que já passaram pela presidência. Claro, que estou falando de você, Dilma”.

O pré-candidato a presidência pelo PDT continuou: “Para alívio de consciência, na época do impeachment eu não estava defendendo seu mandato em si mesmo, mas a integridade do cargo que você toscamente ocupava. Se hoje você prefere estar ao lado dos que a traíram, obrigado por me poupar da sua incômoda companhia”.

“Continuo achando que Lula não foi apenas um dos maiores responsáveis por sua desestabilização – pois passou anos falando mal de você durante seus governos – como também fez movimentos erráticos que resultaram em sua queda”, continuou Ciro Gomes.

“Quem sabe, ele estava retribuindo seu gesto de não aceitá-lo candidato (Ingratidão? Chantagem?). No fundo, vocês dois se merecem. Mas o Brasil merece pessoas melhores que vocês. Guarde suas ofensas e diatribes para quem possa ter medo de você”, finalizou Ciro.

Dilma foi para sua réplica e ai o bate-boca estava armado. O nome dela e de Ciro Gomes foram parar nos assuntos mais comentados do Twitter, nesta quarta-feira.

“Só o Ciro Gomes é competente. Este é o pecado de sua enorme presunção. Esta é a sua visão quando se trata de avaliar o resto da humanidade. Mas quando se trata de mulher, sua visão não é só inadequada, é também profundamente misógina. O mais triste de tudo isso é que Ciro se diz arrependido de ter defendido a democracia. E ainda usa os mesmos argumentos dos golpistas que diz ter combatido”, disse Dilma Rousseff.

Crédito: Reprodução/Instagram @dilmarousseffEx-presidente Lula ao lado da ex-presidente Dilma

“Para além disso, Ciro sistematicamente distorce os fatos. E, nisso, não se difere em nada de Bolsonaro. Ambos adoram quando os alvos de suas agressões reagem. Precisam disso para obter likes e espaço na mídia. É disso que se alimentam”, continuou Dilma.

“Infelizmente para Ciro, encerro esta polêmica estéril por aqui. O Brasil precisa é discutir a gravíssima crise democrática, social, sanitária e econômica em que se encontra. Lamento ter, em algum momento, dado a Ciro Gomes a minha amizade”, finalizou a ex-presidente.

Compartilhe:

Tags: #Política