Escola atingida por massacre divulga calendário de atividades

Retomada das aulas ainda está sem data definida

Por: Redação | Comunicar erro
Crédito: Google Street View/ReproduçãoFaixada da Escola Estadual Raul Brasil atingida por massacre que levou 10 pessoas a morte

A Secretaria Estadual da Educação de São Paulo definiu neste domingo, 17, o cronograma de atividades na Escola Estadual Raul Brasil atingida pelo massacre de estudantes e funcionários na última quarta-feira, 13.

Segundo o Governo, a ideia é fazer o planejamento e a estruturação de atividades de acolhimento e preparação psicológica, com apoio de secretarias, da Prefeitura de Suzano e de profissionais do Instituto de Psicologia da USP, Unicamp, Centros de Atenção Psicossocial (Capes) da Prefeitura, entre outras instituições.

Serão atividades livres para apoio psicológico, oficinas, terapia em grupo, rodas de conversa, depoimentos e compartilhamento de boas práticas. Para dar todo o suporte aos professores e servidores da escola, as equipes técnicas de especialistas do Governo de São Paulo e da Prefeitura de Suzano estarão na unidade ao longo de toda esta semana.

Escola Raul Brasil, em Suzano (SP) momentos após o ataque de quarta-feira, 13.

Com objetivo de mudar o ambiente escolar, a estrutura interna está sendo pintada e revitalizada pela Secretaria da Educação, com o apoio da comunidade escolar.

Na segunda-feira, 18, a escola será reaberta apenas para professores e funcionários, para traçar o planejamento e estruturação de atividades e a partir da próxima terça-feira, 19, a escola será reaberta para os alunos.

“Uma rede de apoio com instituições públicas e privadas foi formada desde o primeiro dia do episódio na escola. Esta rede atuou durante todo este fim de semana, realizando atendimento psicológico e especializado na Diretoria Regional de Ensino de Suzano e na Capes de Suzano, bem como fazendo visitas domiciliares às famílias das vítimas”, informou a Secretaria do Estado da Educação.

1 / 8
1
04:53
Netflix e KondZilla lançam ‘Sintonia’, da periferia para o mundo
KondZilla tem razão quando afirma: "A favela venceu". “Sintonia”, a nova série da Netflix, prova isso. A ideia original é dele …
2
04:21
Sinais que indicam problemas no estômago
Ter tosse seca pode ser um sinal que o seu estômago não vai muito bem. Hoje, o Dr. Raul Cutait, médico …
3
03:43
O estrago de Frota é maior que o Bolsonaro poderia acreditar
Após ser expulso do PSL, o deputado federal Alexandre Frota confirmou sua filiação ao PSDB, partido de João Doria, governador …
4
03:03
Câmara aprova projeto de lei sobre abuso de autoridade
A Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que define quais situações configuram abuso de autoridade. Agora, o texto …
5
04:07
Um pedido de desculpas à Angela Merkel pelas ofensas de Bolsonaro
Depois de dizer a um repórter que ele deveria fazer cocô dia sim, dia não para preservar o meio ambiente, …
6
03:26
Mortes provocadas pelo fim dos radares deveriam ter nome de Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro determinou nesta quinta-feira, 15, a suspensão dos radares de fiscalização de velocidade móveis em rodovias federais …
7
04:56
‘Risk’, na Netflix, vaza a imagem não autorizada de Julian Assange
Será que, em um ato de coragem, você arriscaria sua própria liberdade para trazer à tona realidades que manipulam a …
8
07:44
Saiba tudo sobre os métodos anticoncepcionais
Prevenção é essencial quando o assunto é relação sexual. Hoje, há outros modos de prevenção que vão além da pílula e …