Últimas notícias:

Loading...

Esposa de Queiroz está foragida após comparar marido a bandido

A Justiça determinou a prisão de Márcia Oliveira de Aguiar por entender que ela e seu marido poderiam ameaçar testemunhas

Por: Redação

Após a prisão do ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), Fabrício Queiroz, sua esposa, Márcia Oliveira de Aguiar está foragida da Justiça após a 27ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) decretar a prisão dela, nesta quarta-feira, 18.

Crédito: Reprodução/TwitterEsposa de Queiroz está foragida após comparar marido a bandido

O juiz Flávio Itabaiana Nicolau justificou a prisão da esposa de Queiroz com mensagens dela, arrecadadas pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ), em que ela dizia que o ex-assessor, continuava dando ordens mesmo escondido. A intenção, segundo ela, seria constranger testemunhas.

A esposa de Queiroz chegou a comparar o marido a bandido “que tá preso dando ordens aqui fora, resolvendo tudo”.

A justiça entendeu que se Fabrício Queiroz e Márcia Oliveira de Aguiar continuassem soltos eles poderiam ameaçar testemunhas e investigados atrapalhando as investigações.

Segundo o juiz, há prova robusta nos autos do processo de que testemunhas já deixaram de ser ouvidas por orientação de Fabrício Queiroz. Como Danielle Nóbrega, ex-esposa do capitão do Bope, Adriano Nóbrega, que constou como assessora de Flávio Bolsonaro por 10 anos e foi demitida do gabinete em novembro de 2018 a pedido de Queiroz, em meio às investigações.

A esposa de Queiroz trabalhou com o marido no gabinete de Flávio Bolsonaro à época em que ocupou o cargo de deputado estadual pelo Rio de Janeiro (2003-2019).

Além de Márcia, Queiroz emplacou na Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro outros 6 parentes junto ao mandato do então deputado Flávio Bolsonaro.