CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Ex-ministro Weintraub deixa o país, levantando suspeitas sobre a pressa

Viagem aconteceu antes mesmo de sua exoneração ser publicada no Diário Oficial da União; veja a repercussão

Por: Redação

O ex-ministro da Educação Abraham Weintraub chegou na manhã deste sábado, 20, a Miami, nos Estados Unidos. A informação foi confirmada pelo seu irmão, Arthur Weintraub e pela assessoria do MEC. A viagem, no entanto, levantou uma desconfiança: afinal, por que a pressa em deixar o país?

A viagem de Weintraub aconteceu antes mesmo de sua exoneração do cargo ter sido publicada no “Diário Oficial da União”. O que aconteceu pouco tempo depois da divulgação da viagem.

O ex-ministro tem passaporte diplomático, o que facilita sua entrada em outros países, mesmo com as restrições por conta da pandemia do novo coronavírus.

weintraub
Crédito: Reprodução/TwitterAbraham Weintraub deixa o Brasil antes de sua exoneração ser publicada

Trajetória e polêmicas de Weintraub

Vale dizer que Weintraub é investigado em inquérito que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF) e apura a disseminação de fake news e ameaças a ministros do tribunal, a quem chamou de “vagabundos” em reunião ministerial de 22 de abril.

Na quinta-feira, 18, ele apareceu em um vídeo com o presidente Jair Bolsonaro, anunciando sua saída do governo e adiantando que assumiria um cargo de diretor no Banco Mundial.

Sua trajetória no Ministério da Educação foi marcada por inúmeras polêmicas. Antes de sua saída da pasta, ele revogou uma portaria de 2016 que determinava cotas para negros, pardos, indígenas e pessoas com deficiência em cursos de pós-graduação nas universidades e institutos federais.

No Twitter, a repentina viagem de Weintraub aos EUA causou desconfianças de jornalistas que fizeram inúmeros questionamentos. Veja a seguir:

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.