CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Felipe Neto no Roda Viva: ‘me arrependo de ter apoiado o golpe’

Youtuber afirmou que apoiou o impeachment de Dilma Rousseff por falta de estudo e leitura, e que hoje tem outra visão política

Por: Redação

Convidado do Roda Viva, da TV Cultura, na noite desta segunda-feira, 18, o youtuber Felipe Neto afirmou que faz um mea culpa e diz que se arrepende de ter apoiado o impeachment de Dilma Rousseff (PT) em 2016, o qual classificou como “golpe”.

No Roda Viva, Felipe Neto dá a melhor sugestão para os preconceituosos

“Faço mea culpa sem problema algum. Um defeito que eu não tenho é o de teimosia. Errei muito no passado, aprendi muito desses erros. Não sou adorador de um projeto petista, mas no momento do impeachment a minha colaboração, embora não fosse comparável ao alcance de hoje, sem dúvida foi utilizada a maneira errada, equivocada, por falta de leitura, estudo. Passei os últimos 4 anos tentando corrigir esse erro e usando minha força pra afastar essa opressão que vemos hoje”, analisou o youtuber.

felipe neto
Crédito: Reprodução/TV CulturaFelipe Neto no Roda Viva: “me arrependo de ter apoiado o golpe”

Felipe Neto ainda afirmou em sua primeira pergunta do Roda Viva que não se arrepende de ter chamado os influenciadores que não se posicionam contra Bolsonaro de cúmplices do fascismo. “Demorou para eu ter feito aquele vídeo. Já não dá mais para ficar calado. Qualquer pessoa que fique calada já é conivente com o que está acontecendo. Eu não me arrependo nem um pouco. Mais pessoas precisam dar eco a essa cobrança para que influenciadores e comunicadores comecem a perceber a responsabilidade que traz atingir tanta gente”, afirmou.

Para quem não sabe, o youtuber publicou o que ele chamou de “vídeo-carta aberta” para todos os artistas e influenciadores do Brasil, dizendo que este é o momento para se posicionar contra Bolsonaro e contra o fascismo.

Felipe Neto tem 38 milhões de inscritos em seu canal no Youtube, e mais de 11 milhões de seguidores no Twitter.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.