Últimas notícias:

Loading...

Festa clandestina marcada para sábado deixará quantos mortos?

Por: Redação
Ouça este conteúdo

O número de mortos batendo a marca de quase 2 mil vidas perdidas todos os dias em decorrência da covid-19, mesmo assim as festas clandestinas não param no Brasil. Uma mesmo, com o nome de “Industria Club”, está sendo divulgada para acontecer amanhã, dia 6, em São Paulo. Com o slogan “vibe garantida do começo ao fim”, os organizadores agem como se a pandemia não existisse. Eles prometem “uma produção de tirar o fôlego” e é isso mesmo que o coronavírus faz, ele tira o fôlego e mata.

O jornalista João Batista Jr. entrou em contato com um dos promoters e ficamos pasmos com a naturalidade que tratam o evento. Após o questionamento de “não tem vergonha de fazer festa com recordes de mortes?”, a conversa parou e a resposta não veio até agora. Dá uma olhada no diálogo:

Crédito: Reprodução/InstagramConversa por whatsapp com a promoter da festa ilegal marcada para acontecer sábado, dia 6

A situação segue crítica, o Ministério da Saúde prevê que a marca de mortes pode chegar a 3 mil diárias por covid-19 em março, sendo o pior mês da pandemia. Só que nada desse quadro apavorante faz com que as festas ilegais parem, elas seguem provocando a morte de milhares de brasileiros. É como se acontecessem em uma realidade paralela, sendo divulgadas na mais pura “good vibe”.

Crédito: Reprodução/InstagramDivulgação de festa ilegal ignora o recorde de mortes por covid
Crédito: Reprodução/InstagramDivulgação de festa ilegal ignora o recorde de mortes por covid
Crédito: Reprodução/InstagramDivulgação de festa ilegal ignora o recorde de mortes por covid
Crédito: Reprodução/InstagramDivulgação de festa ilegal ignora o recorde de mortes por covid

Esses organizadores, DJs, atrações artísticas e frequentadores também são diretamente responsáveis pela caos da saúde que se instalou no Brasil. Caso você presencie alguma festa/aglomeração clandestina denuncie.

Compartilhe: