Flamengo terá de pagar pensão a famílias de jovens mortos em incêndio

O clube carioca embolsou cerca de R$ 80 milhões com as conquistas da Libertadores e do Brasileirão

Por: Redação

A Justiça do Rio de Janeiro determinou nesta quinta-feira, 5, que o Flamengo terá de pagar pensão mensal, no valor de R$ 10 mil, a cada uma das famílias dos 10 jovens mortos no incêndio no Centro de Treinamento do Ninho do Urubu, em fevereiro.

A decisão é em caráter liminar e atende a um pedido da DP-RJ (Defensoria Pública) e do MP-RJ (Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro); Cabe recurso da decisão.

Jogadores que morreram no incêndio no Ninho do Urubu

Além dos familiares dos jovens, o clube terá de incluir na sua folha de pagamento outros três atletas feridos no acidente.

De acordo com o G1, o descumprimento está sujeito a multa diária de R$ 1 mil para cada beneficiário. O Flamengo também terá de pagar os valores referentes aos meses já decorridos desde o incêndio.

Na liminar, o juiz Arthur Eduardo Magalhães Ferreira destacou o fato de o Flamengo não ter cumprido espontaneamente, até a presente data, ainda que de forma parcial e provisória, a responsabilidade de prestar apoio às vítimas diretas e indiretas do incêndio, conforme manifestação que anexou no processo. Ele determinou o pagamento imediato da pensão, mas negou o pedido de bloqueio de valores.

Segundo o juiz, “quanto maior é o sucesso alardeado das finanças do réu, maior é sua capacidade de arcar, sem sobressaltos, com a recomposição dos danos causados à família das vítimas, nesse momento desprovidos de importante (quiçá única) fonte de sustento familiar”.

No final de novembro, o Flamengo conquistou a Copa Libertadores e o Campeonato Brasileiro.

Pela premiação da conquista continental, o clube carioca embolsou cerca de R$ 50,3 milhões. Já pelo torneio nacional foram mais R$ 33 milhões.

Compartilhe:

1
Brumadinho: relatos lembram a maior tragédia socioambiental do Brasil
Há um ano, a cidade de Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte (MG) viveria um pesadelo difícil de ser esquecido. Era …
2
Brumadinho: relatos lembram a maior tragédia socioambiental do Brasil
Há um ano, a cidade de Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte (MG) viveria um pesadelo difícil de ser esquecido. Era …
3
Denúncia contra Glenn Greenwald é um ataque à liberdade de imprensa?
Uma denúncia realizada pelo Ministério Público Federal foi vista como um ataque direto à liberdade de imprensa no Brasil. O …
4
9 pontos polêmicos que Sergio Moro se esquivou no Roda Viva
O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, foi o primeiro entrevistado da nova temporada do programa Roda Viva, …
5
‘Noivado’ de Regina Duarte com Bolsonaro divide opiniões
“Nós vamos noivar, vou ficar noiva, vou lá conhecer onde eu vou habitar, com quem que eu vou conviver, quais …
6
A queda: entenda a polêmica que custou o cargo de Roberto Alvim
Após praticamente reproduzir um discurso do ministro nazista Joseph Goebbels, o ex-secretário de Cultura, Roberto Alvim, protagonizou uma polêmica que …
7
Impunidade de Victor não é caso isolado no Brasil de Bolsonaro
Victor Chavez, cantor sertanejo da extinta dupla Victor e Léo, foi condenado por agredir a esposa grávida de quatro meses …
8
Anarquia da ponte pra lá: a história do punk na periferia de SP
Autor do livro My Way, Valo Velho é história viva da cena anarcopunk de São Paulo. A Catraca Livre foi até …