Melhores amigos: garotinho adota cão idoso e dá a ele um novo lar

Diversas campanhas e ONGs incentivam a adoção de cães e gatos para que, ao invés de financiarmos uma indústria de comercialização de animais, possamos dar um lar àqueles que foram resgatados das ruas ou que sofreram maus tratos no passado. Porém, nem sempre é simples encontrar uma nova família para esses bichinhos, em especial quando são mais velhos.

Para Tristan, um garotinho americano, a história foi outra, e o final, feliz. Tudo começou quando ele e a mãe visitaram o abrigo Animal Rescue League of Iowa, procurando por um cachorro pequeno e amável.

Foi aí que a equipe da instituição na hora pensou em Shey, esse poodle simpático que havia sido deixado pela sua antiga família, depois de se mudarem de cidade. O bichinho tinha, entretanto, 14 anos, ou seja, era um cão idoso, que nunca havia sido castrado e que apresentava alguns problemas de saúde.

No caso de Tristan e Shey, o amor falou mais alto.

O que, para uns, poderia ser um impeditivo, para Tristan foi decisivo – o amor falou mais alto. E quando se trata de bichinhos, quase sempre o que conta é a empatia, o “amor à primeira vista”. Há quem diga que não são os donos que escolhem os cães, mas os cães que escolhem seus donos.

Shey ficou quatro meses no abrigo, à espera de uma família que o adotasse. Mas o problema dentário e o fato de estar praticamente cego e totalmente surdo fazia com que não fosse escolhido.

A coordenadora do núcleo de resgate do abrigo, Jessica Jorgenson, diz que ele é um cachorro dócil e provavelmente foi isso que encantou Tristan: “Shey é super doce e quer estar perto das pessoas o tempo todo”.

Hoje, os dois são melhores amigos.

Quando o garoto segurou o mascote no colo pela primeira vez, entendeu que deveria ficar com ele. “Shey estava muito confortável com Tristan desde o início. Ele entendeu que Shey não podia ouvir e não era capaz de ver as coisas claramente”, completou a coordenadora.

Hoje o cachorro tem uma nova família e é muito amado por seu dono. Tristan se demonstra muito feliz com o novo companheiro, e consciente de suas necessidades especiais. Montou até um cantinho especial para o amigo, em seu quarto. Crianças e cachorros: essa combinação é ou não é demais?

Leia mais:

1 / 8
1
04:47
Entenda como o fogo na Amazônia virou uma crise internacional
O fogo que consome a Amazônia, maior floresta tropical do mundo, já representa 52,5% de todas as queimadas registradas no …
2
02:58
Como se prevenir de doenças
Você sabe o que são as doenças crônicas não transmissíveis? Hoje, a Dra. Aline Oliveira, médica de família, fala sobre ações …
3
03:13
Kinoplex: o cinema sem defeitos em São Paulo!
Quem disse que cinema de shopping é tudo igual? São Paulo acaba de ganhar um espaço exclusivo, com seis salas …
4
08:59
Vinicius Poit defende Salles como ministro do Meio Ambiente
O deputado federal Vinicius Poit (NOVO-SP) defendeu a permanência de Ricardo Salles como ministro do Meio Ambiente no Governo Bolsonaro. …
5
02:28
Quais são os sintomas que são gerados pelo estresse?
Com a correria do dia-a-dia somos facilmente pegos pelo estresse. E o nosso corpo indica sinais de que estamos fisicamente …
6
03:52
Surge o BolsoLula: os mesmos vícios da velha política brasileira
No vídeo, o jornalista Gilberto Dimenstein explica o conceito da expressão 'BolsoLula' e analisa as consequências da interferência política exercida …
7
04:15
Como os Beatles mudaram minha vida: parte 1
Como seria o mundo sem a inovação e energia que a música ganhou pós-Beatles. Imaginou? E se as pessoas também …
8
03:02
Jair Bolsonaro é louco, ignorante ou irresponsável?
O presidente Jair Bolsonaro fez um pronunciamento nesta quarta-feira, 21, apontando que ONGs poderiam estar por trás das queimadas na …