George Floyd disse mais de 20 vezes que não conseguia respirar

'Eles vão me matar. Eles vão me matar', disse o ex-segurança ao ser algemado pelo policial Thomas Lane

Por: Redação

George Floyd repetiu mais de 20 vezes que não conseguia respirar e advertiu os policias que iriam matá-lo. É o que revela transcrição divulgada na quarta-feira, 8, pela Justiça de Minneapolis, nos Estados Unidos.

George Floyd morreu em 25 de maio, após ter o joelho de um policial branco pressionado contra seu pescoço durante quase nove minutos. As imagens da ação policial gravadas por populares mostram o ex-segurança gritando “Não consigo respirar”.

George Floyd
Crédito: ReproduçãoGeorge Floyd foi morto por asfixia mecânica apontam duas autópsias

A transcrição foi feita a partir da gravação feita por uma câmera presa ao uniforme de Thomas Lane, um dos quatro policiais acusados pela morte de Floyd.

Ainda segundo a transcrição do vídeo, Floyd implorou para não ser colocado numa viatura policial, afirmando ser claustrofóbico. Quando os policiais tentaram colocá-lo no veículo à força, Floyd, algemado, gritou não conseguir respirar e que iria morrer.

O documento revela que Floyd disse: “Te amo, mãe. Diga aos meus filhos que amo eles. Estou morto.” A transcrição aponta que ele chamou pela mãe e pelos filhos várias vezes.

Protestos

A morte de George Floyd causou uma onda de protestos contra o racismo no mundo todo.

Compartilhe: