Últimas notícias:

Loading...

Glenn Greenwald, editor do Intercept, elogia MBL

Debate na Catraca Livre reuniu representantes de diferentes correntes ideológicas com o objetivo de valorizar a convivência e

Por: Redação

A direção do MBL propôs um debate na sede da Catraca Livre para mostrar ser possível discordar civilizadamente.

O MBL quer mostrar um nova postura, arrependendo-se de atitudes exacerbadas nas redes em que, como eles mesmo afirmam, queriam “assassinar reputações”.

Catraca Livre topou, por achar que discordar é a energia da democracia.

O mais polêmico jornalista no Brasil, Glenn Greenwald, responsável pelo vazamento das conversas de Sergio Moro e procuradores (e alvo do MBL), gostou da iniciativa.

Considerou esse um exemplo para enfrentar a toxidade na política.

Debate na Catraca Livre realizado na sexta-feira, 23, reuniu representantes de diferentes correntes ideológicas com o objetivo de valorizar a convivência entre divergentes. Estiveram presentes o deputado federal Vinicius Poit (NOVO), o vereador Fernando Holiday (MBL) e os jornalistas Leonardo Sakamoto e Gilberto Dimenstein, fundador da Catraca.

Compartilhe: