Globo diz que não irá se desculpar por boneco considerado racista do ‘BBB16’

Por: Redação

O participante Ronan, de 27 anos, o único homem negro da 16ª edição do “Big Brother Brasil”, não gostou de ver um item de decoração na casa do reality global: um boneco com cabelo black power que seria usado como esponja para lavar a louça.

Sem saber que o item tinha virado polêmica nas redes sociais, Ronan tirou o boneco da cozinha e o apelidou de Will. “Por que tem que ser um negro? Isso aqui não vai ser usado para lavar nada. Vou salvar você, Will”, disse (relembre o caso).

Boneco remete ao comentário racista de chamar cabelo crespo de “Bombril”
Boneco-esponja remete ao comentário racista de chamar cabelo crespo de “Bombril”

Após o debate sobre a esponja ferver nas redes sociais, a Globo informou ao jornal “Folha de S. Paulo” que não irá retirar o item da casa e nem pedir desculpas. Leia o comunicado:

“A esponja citada, representando um dançarino disco dos anos 1970, faz parte de uma coleção que retrata ícones de gerações e culturas diversas, como uma moça descolada dos anos 1960, um soldado da guarda inglesa e até a própria Rainha Elizabeth. Os outros modelos serão colocados na casa aos poucos, ao longo da temporada do programa”, disse.

Compartilhe:

Tags:#Globo