Governo exonera servidor que assinou edital de livros didáticos

Ministério da Educação tinha atribuído à gestão anterior as modificações no edital

Por: Redação | Comunicar erro
Tags: #politica
MEC vai investigar as mudanças no edital dos livros didáticos.
Crédito: IstockMEC vai investigar as mudanças no edital dos livros didáticos.

Ainda sobre a polemica do edital dos livros didáticos, o ministro da Educação Ricardo Vélez Rodríguez exonerou nesta sexta-feira, 11,  Rogério Fernando Lot, responsável por ter assinado o documento com a flexibilização das regras para a compra do material escolar dos alunos da rede pública.

Segundo a Folha de S. Paulo, Lot ocupava um cargo comissionado de chefia de gabinete do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento à Educação). Ele assumiu a função durante a gestão de Michel Temer (MDB), em janeiro de 2017.  Outros servidores também foram desligados e a nova equipe do ministro ainda deve ser anunciada pelo Diário Oficial.

O edital divulgado no dia 2 de janeiro retirava a obrigatoriedade de referências bibliográficas e de conteúdos que retratassem a diversidade étnica, social e cultural do país. Também liberava publicidades e erros de revisão nos livros didáticos. O material seria entregue para os alunos do ensino fundamental (6º ao 9º).

O Folha também divulgou que uma sindicância foi aberta pelo governo para apurar erros ou supostas fraudes no texto do documento.

Compartilhe:

1 / 8
1
05:31
Conheça o mistério sobre o poder de Carlos Bolsonaro
Os ataques do vereador carioca Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) direcionados ao vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB), ganharam mais um capítulo nesta quarta-feira, …
2
05:53
Síndrome de Bolsonaro explica embate com o vice-presidente
A batalha contra o vice Hamilton Mourão virou uma bomba para Jair Bolsonaro. Acabou em um desastrado vídeo postado no …
3
20:44
Manifesto pela cultura: a visão de Alê Youssef sobre São Paulo
"São Paulo é uma plataforma multicultural, é uma das capitais mundiais da cultura. No momento em que se ataca a …
4
07:26
STF e o limite da liberdade de expressão
O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, anunciou em março a abertura de um inquérito para investigar casos …
5
01:03
Ex-presidente do Peru tenta suicídio após receber ordem de prisão
O ex-presidente do Peru Alan García morreu nesta quarta-feira,17, após atirar contra si mesmo em uma tentativa de suicídio em …
6
04:45
Famosos fazem desabafo sobre depressão
Recentemente, o humorista Whindersson Nunes publicou uma série de posts em sua rede social desabafando sobre um sentimento profundo de …
7
01:32
Quem disse que não dá para surfar na cidade?
A Surf House Brasil é o lugar perfeito para você quer aprender a surfar ou ficou com saudade de pegar …
8
01:45
Catedral de Notre Dame: 8 séculos de história queimam em Paris
Um incêndio de grandes proporções atingiu a Catedral de Notre Dame, em Paris. O local é um dos pontos turísticos …