Governo reduzirá em até 60% valor de multas por crimes ambientais

Os valores poderão ser convertidos em serviços como reflorestamento e recuperação de áreas degradadas

Por: Redação | Comunicar erro

O ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, anunciou que o governo vai editar um decreto nas próximas semanas que permitirá a redução de até 60% no valor das multas por crimes ambientais. A decisão foi divulgada em audiência da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural nesta quinta-feira, dia 17.

Bento Rodrigues, em Mariana (MG), um ano após o rompimento da barragem

Os valores restantes poderão ser pagos em serviços de preservação da natureza, como reflorestamento, recuperação de áreas degradadas e regularização fundiária de unidades de conservação.

Serão disponibilizados descontos de 35% na modalidade direta, em que o próprio autuado comanda o projeto, e 60% na indireta, quando os recursos custearão programas estruturantes selecionados por edital pelos órgãos ambientais federais.

“Como enfrentamos uma escassez de recursos, vamos usar da criatividade e da legislação. Pelas informações que temos, o decreto sobre conversão de multas já foi assinado pelo presidente e deverá ser publicado nos próximos dias”, disse o ministro, segundo a Agência Câmara.

Segundo o ministério, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) aplicam R$ 3 bilhões em multas.

A presidente do Ibama, Suely Araújo, explicou que a conversão de multas em serviços ambientais será usada, em um primeiro momento, para a recuperação de afluentes do rio São Francisco e para a regularização fundiária. “Queremos plantar árvores para colher água. Isso vai ser atividade permanente no Ibama e no ICMBio”, afirmou.

  • Leia mais:

1 / 8
1
06:25
VazaJato: Moro chama integrantes do MBL de tontos e depois se desculpa
Em áudio publicado pelo perfil do Movimento Brasil Livre no Instagram o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, …
2
02:42
STF adia julgamento que pode tirar Lula da cadeia
O Supremo Tribunal Federal (STF) resolveu adiar o julgamento do pedido de liberdade do ex-presidente Lula, que estava previsto para …
3
02:20
Novas regras para o uso de patinetes elétricas em SP
A prefeitura de São Paulo definiu novas regras para o uso de patinetes elétricas compartilhadas na cidade. Entre as  determinações …
4
08:30
Intercept: os principais pontos do depoimento de Moro no Senado
O ministro da Justiça, Sergio Moro, prestou esclarecimentos em audiência na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça do Senado) sobre …
5
04:04
E se Carlos Bolsonaro fosse gay?
O ex-deputado Jean Wyllys fez uma série de posts em sua rede social apontando que Carlos Bolsonaro, o filho 02 …
6
03:02
Empresas usaram disparos no WhatsApp durante eleição de Bolsonaro
Uma reportagem publicada pela Folha de S. Paulo mostra que empresas brasileiras contrataram uma agência de marketing na Espanha para …
7
01:49
Senado diz não e derruba o decreto de armas de Bolsonaro
O Senado votou na terça-feira, 18, o parecer que pede pela suspensão dos decretos que flexibilizam o porte e a …
8
03:54
Bancada do PSL passa vergonha ao convocar e desconvocar Glen Greenwald
O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) apresentou na quarta-feira, dia 12, um requerimento na Comissão de Segurança Pública da Câmara …