Últimas notícias:

Loading...

Hackers atacam OMS em meio à pandemia de coronavírus

Os motivos dos ataques não são claros. Agências da ONU, entre elas a OMS, são alvo regular de campanhas de espionagem digital

Por: Redação

Em meio à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a Organização Mundial de Saúde (OMS) vem sofrendo com ataques criminosos de hackers.

Em entrevista à Reuters, o vice-presidente de segurança da informação da OMS, Flavio Aggio, disse que a identidade dos hackers não está clara, mas a tentativa de invasão não obteve sucesso.

Crédito: Alexsl/iStockOs motivos dos ataques não são claros. Agências da ONU, entre elas a OMS, são alvo regular de campanhas de espionagem digital

Flavio alertou que as ações de hackers contra a agência e seus parceiros dispararam em meio à campanha do órgão global para combate ao coronavírus, que matou mais de 15 mil pessoas no mundo.

A tentativa de invasão foi revelada por Alexander Urbelis, especialista em segurança cibernética e advogado do Blackstone Law Group de Nova York, que monitora atividades suspeitas em registros de domínios da internet.



Alexander Urbelis disse que notou a atividade por volta de 13 de março, quando um grupo de hackers que ele monitorava ativou um site malicioso que imita o sistema de e-mail interno da OMS.

O especialista disse que não sabia quem era o responsável, mas duas outras fontes suspeitam de um grupo avançado de hackers conhecido como DarkHotel, que realiza operações de espionagem cibernética desde 2007.

Os motivos dos ataques não são claros. Agências da ONU, entre elas a OMS, são alvo regular de campanhas de espionagem digital.

Compartilhe: