Haiti vence Copa do Mudo dos Refugiados; veja galeria de fotos e saiba como foi o evento

O fotógrafo Renan Carvalhais registrou o evento que reuniu refugiados de diferentes nacionalidades

Por: Redação | Comunicar erro

Se o futebol tem o poder de mover bilhões de reais em mega eventos, também tem o poder de unir povos que sofreram algum tipo de perseguição e encontraram refúgio no Brasil.

No dia 29 de junho, no Colégio Santa Cruz, zona oeste de São Paulo, aconteceu a Copa do Mundo dos Refugiados, organizada pelo Atados e Adus.

O fotógrafo Renan Carvalhais Inocêncio registrou o evento com suas lentes. Confira a cobertura na galeria de fotos.

Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Bola rolando

Participaram do evento, as  seleções do Haiti, Congo, Mali, Costa do Marfim, Colômbia e Síria. Os times foram compostos por refugiados que vivem no Brasil.

A seleção do Haiti saiu vencedora com uma vitória de dois gols de vantagem sobre o Congo. Os Sírios ficaram em último lugar, mas o resultado e alguns desfalques foram decorrentes do Ramadã, perído em que os muçulmanos ficam de jejum das 5h30 até às 17h30.

O evento também contou com outras atividades, como doação de roupas e alimentos. Os voluntários também ajudaram os refugiados à melhorar seus currículos e forneceram dicas de como conseguir emprego.

Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais
Crédito: Renan_Carvalhais

Refugiados

Refugiados são pessoas que tiveram que deixar o seu país por perseguição religiosa, étnica, política ou conflitos armados.

Atualmente, o Brasil tem cerca de 5 mil pessoas reconhecidas oficialmente como refugiados e outros 5 mil pedidos solicitados em 2014. Os dados são do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur).

Segundo a Onu, existem 45 milhões de refugiados no mundo.

Confira mais fotos no Flickr de Renan Carvalhais.

Compartilhe: