Últimas notícias:

Loading...

Irmã de Jairinho diz que ele mudou versão sobre a morte de Henry

Thalita Santos ainda contrariou o que a babá do menino Henry Borel afirmou à polícia

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Thalita Fernandes Santos, irmã do vereador Jairinho, afirmou em depoimento, nesta quinta-feira, 15, que o irmão alterou a versão a respeito da morte do menino Henry Borel após a divulgação do laudo de necropsia.

Thalita afirmou que, inicialmente, o irmão teria dito que a criança passou mal e o casal precisou levá-lo para o hospital. Posteriormente, com o resultado dos exames realizados no corpo de Henry, Jairinho disse que o enteado havia caído da cama.

A irmã de Jairinho foi ouvida pela Polícia Civil no inquérito que investiga a morte do menino no dia 8 de março.

Advogado deixa defesa de Jairinho no caso Henry Borel

jairinho
Crédito: Vitor Brugger/Estadão ConteúdoIrmã de Jairinho diz que ele mudou a versão sobre a morte de Henry

“Que, perguntada se indagou ao seu irmão sobre o que havia ocorrido, respondeu que sim e que Jairinho lhe respondeu que não sabe o que aconteceu, pois estava dormindo; Que Jairinho lhe disse apenas que Henry passou mal, eles levaram para o hospital e Henry faleceu; Que depois, quando o conteúdo do laudo de exame de necropsia veio a público pela imprensa, Jairinho lhe disse que acredita que tenha sido uma queda, porém reafirmou que estava dormindo e que não sabe ao certo o que aconteceu”, disse a irmã de Jairinho à polícia.

Em seu depoimento, Thalita Santos disse que não foi informada pela babá de Henry, Thayna Ferreira, contrariando a versão da cuidadora. A babá relatou à polícia que contou para Thalita que a criança sofria agressões e que a mesma a interrompeu e disse “para a declarante [Thayna] não ser juíza do caso do irmão dela, que ‘menos é mais’, dando a entender que não era para a declarante falar tudo que sabia, que todos já estavam sofrendo muito”.

A irmã de Jairinho ainda disse que, após a morte de Henry, não perguntou para a mãe do menino, Monique Medeiros, a respeito da morte do filho e que nunca soube de agressões por parte do irmão contra qualquer criança e nem que Jairinho tenha ficado trancado com Henry em seu quarto. Esse relato também é diferente do que foi apresentado pela babá.