Jornalista denuncia violência policial contra manifestação pacífica de estudantes em SP

Manifestação pela CPI da Máfia das Merendas em SP foi reprimida com bombas de efeito moral na última quarta-feira, 6; secundaristas vão aos EUA denunciar violência policial

Por: Redação | Comunicar erro

Qual o peso e medida da polícia militar frente às manifestações populares ocorridas em São Paulo?

Na última quarta-feira, 6, uma gravação feita pelo jornalista Bruno Torturra denuncia a postura repressora de oficiais da Força Tática, equipe da Polícia Militar paulista, que ataca indiscriminadamente estudantes que pediam instalação de CPI referente ao desvio de verbas da merenda nas escolas da rede estadual de ensino.

Como resposta à legítima e pacífica manifestação, os secundaristas foram perseguidos e atacados com bombas de efeito moral e dispersados pela polícia. Em crítica à recorrente violência policial nas manifestações contra a gestão Alckmin, o jornalista chama atenção para o viés ideológico da PM nas ruas: “Para quem ainda tem alguma dúvida de que é a ideologia – e não a manutenção da ordem pública – que move as mãos, as bombas e a cabeça da Polícia Militar. Que age, concordemos ou não, em nosso nome”.

Estudantes vão aos Estados Unidos denunciar violência policial

Segundos informações da agência Democratize, três secundaristas representantes do Comando das Escolas em Luta participarão, nesta quinta-feira, 7, de audiência pública da Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), em Washington, nos EUA, para denunciar a violência da Polícia Militar do Estado de São Paulo.

Na ocasião, os estudantes discutirão a truculência dos policiais, denúncias de agressões e arbitrariedades praticadas pelos agentes, durante as ocupações nas escolas.

Para realizar a viagem, os alunos lançaram uma campanha de financiamento coletivo e terão a companhia de uma mãe do Comitê de Mães e Pais em Luta, uma advogada e uma representante da ONG internacional Artigo 19. O dossiê levado à comissão reunirá depoimentos de alunos, pais, imagens, vídeos, links das redes sociais e mídia.

Os estudantes tem como objetivo pressionar o estado brasileiro a se posicionar diante da conduta das policiais e constante violação dos direitos humanos.

Compartilhe:

1 / 8
1
04:47
Entenda como o fogo na Amazônia virou uma crise internacional
O fogo que consome a Amazônia, maior floresta tropical do mundo, já representa 52,5% de todas as queimadas registradas no …
2
02:58
Como se prevenir de doenças
Você sabe o que são as doenças crônicas não transmissíveis? Hoje, a Dra. Aline Oliveira, médica de família, fala sobre ações …
3
03:13
Kinoplex: o cinema sem defeitos em São Paulo!
Quem disse que cinema de shopping é tudo igual? São Paulo acaba de ganhar um espaço exclusivo, com seis salas …
4
08:59
Vinicius Poit defende Salles como ministro do Meio Ambiente
O deputado federal Vinicius Poit (NOVO-SP) defendeu a permanência de Ricardo Salles como ministro do Meio Ambiente no Governo Bolsonaro. …
5
02:28
Quais são os sintomas que são gerados pelo estresse?
Com a correria do dia-a-dia somos facilmente pegos pelo estresse. E o nosso corpo indica sinais de que estamos fisicamente …
6
03:52
Surge o BolsoLula: os mesmos vícios da velha política brasileira
No vídeo, o jornalista Gilberto Dimenstein explica o conceito da expressão 'BolsoLula' e analisa as consequências da interferência política exercida …
7
04:15
Como os Beatles mudaram minha vida: parte 1
Como seria o mundo sem a inovação e energia que a música ganhou pós-Beatles. Imaginou? E se as pessoas também …
8
03:02
Jair Bolsonaro é louco, ignorante ou irresponsável?
O presidente Jair Bolsonaro fez um pronunciamento nesta quarta-feira, 21, apontando que ONGs poderiam estar por trás das queimadas na …