Jovens atletas dão depoimento sobre incêndio no CT do Flamengo

Sobreviventes estiveram esta tarde na 42ª DP, no Recreio dos Bandeirantes.

Por: Redação
Jovens que sobreviveram ao incêndio no CT do Flamengo deram depoimento à polícia nesta sexta, 8

Jovens atletas que sobreviveram ao incêndio no alojamento do Centro de Treinamento do Flamengo na madrugada desta sexta-feira, 8, deram depoimento esta tarde na 42ª DP, no Recreio dos Bandeirantes, Rio de Janeiro.

O site G1 teve acesso aos relatos que quatro garotos deram à Polícia Civil, apontando que houve uma explosão e logo o calor e cheiro de queimado no espaço onde dormiam atletas do time de base, que têm entre 14 e 17 anos.

Segundo o apurado, o fogo começou no quarto 6, onde todos conseguiram se salvar, assim como no quarto 4. As dez vítimas do incêndio estavam nos quartos 1, 2, 3 e 5.

Um dos sobreviventes disse que havia muita fumaça e ele e outros colegas conseguiram quebrar a janela de um dos quartos, resgatando outros três adolescentes. Segundo o garoto, um segurança chegou com um extintor, mas, nessa hora, aconteceu a explosão de um ar-condicionado do alojamento.

Outro jovem relatou que acordou incomodado pelo calor e cheiro de queimado, quando viu o ar-condicionado em chamas. Imediatamente ele começou a acordar os amigos e tentou apagar as chamas com a água de um bebedouro, mas o fogo era muito forte. Leia a matéria completa no G1.

Segundo a Folha, o Flamengo não poderia usar aquela – exceto como estacionamento. Autorização dada da prefeitura do Rio não permitia construção de alojamento no local:

Compartilhe: