CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Judeus reagem após Weintraub associar operação da PF a nazismo

Confederação Israelita do Brasil disparou: ‘Noite dos Cristais não foi virtual, foi o linchamento real a judeus’

Por: Redação

A comunidade judaica no Brasil se manifestou por meio de um comunicado divulgado no Twitter, na última quarta-feira, 28, sobre a postagem de Abraham Weintraub, que associou a operação de busca e apreensão feita pela Polícia Federal no inquérito das fake news ao nazismo.

Crédito: Agência Brasil/Marcelo Camargo‘Botava esses vagabundos na cadeia, começando no STF’, diz Weintraub

O ministro da Educação disse que a ação da PF que investiga ataques a integrantes do Supremo Tribunal Federal (STF) será lembrada como a Noite dos Cristais brasileira.

“Hoje foi o dia da infâmia, vergonha nacional, e será lembrado como a Noite dos Cristais brasileira. Profanaram nossos lares e estão nos sufocando. Sabem o que a grande imprensa oligarca/socialista dirá? SIEG HEIL!”, escreveu usando uma foto da Alemanha nazista para ilustrar a postagem.

Em tempo: A Noite dos Cristais foi uma das primeiras ações violentas contra os judeus cometida pelos nazistas nos dias 9 e 10 de novembro de 1938.

A Confederação Israelita do Brasil condenou a comparação: “Não há comparação possível entre a Noite dos Cristais, perpetrada pelos nazistas em 1938, e as ações decorrentes de decisão judicial no inquérito do STF, que investiga fake news no Brasil. A Noite dos Cristais, realizada por forças paramilitares nazistas e seus simpatizantes, resultou na morte de centenas de judeus inocentes, na destruição de mais de 250 sinagogas, na depredação de milhares de estabelecimentos comerciais judaicos e no encarceramento e deportação a campos de concentração. As ações do inquérito, por sua vez, se dão dentro do ordenamento jurídico, assegurado o direito de defesa, ao qual as vítimas do nazismo não tinham acesso. A comparação feita pelo ministro Abraham Weintraub é, portanto, totalmente descabida e inoportuna, minimizando de forma inaceitável aqueles terríveis acontecimentos, início da marcha nazista que culminou na morte de 6 milhões de judeus, além de outras minorias”.

O coletivo Judeus pela Democracia também criticou Weintraub: “A ação a mando do STF visa buscar quem financia Fake News e evitar novos linchamentos virtuais. A Noite dos Cristais não foi virtual, mas foi o linchamento real a judeus”, escreveu no Twitter.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.