Justiça condena RedeTV! e Igreja Evangélica por ofensa aos ateus

Um pastor da Igreja Internacional da Graça de Deus afirmou que pessoas ateias são "perigosas"

Por: Redação Comunicar erro
redetv! ateus
Crédito: Reprodução/RedeTV!Igreja e RedeTV! foram condenadas por desrespeito aos ateus

A Justiça condenou a RedeTV! e a Igreja Evangélica – Igreja Internacional da Graça de Deus – por ofensas contra os ateus, após um pastor da entidade religiosa afirmar durante pregação em 2011 que aqueles que não acreditam em Deus são pessoas “perigosas”.

A decisão do Tribunal Regional Federal da 3º Região, divulgada nesta sexta-feira, 30, é resultado de uma ação cível ajuizada pelo Ministério Público Federal (MPF) em 2011 contra as rés.

No episódio avaliado pela Justiça, o pastor João Batista diz que “só quem acredita em Deus pode chegar para frente. Quem não acredita em Deus pode ir para bem longe de mim […] A pessoa que não acredita em Deus, ela é perigosa. Ela mata, rouba e destrói. O ser humano que não acredita em Deus atrapalha qualquer um”, afirmou.

pastor ateus
Crédito: Reprodução/RedeTV!Pastor afirmou que ateus são pessoas “perigosas”

De acordo com o MPF, a Igreja Internacional da Graça de Deus, que tem como nome mais eminente o pastor R.R Soares, deverá fazer duas inserções de dois minutos e meio cada, a serem veiculadas na RedeTV!, com retratações ao conteúdo veiculado e esclarecimentos quanto à diversidade religiosa e à liberdade de escolha de crença no país.

Ainda segundo o MPF, a conduta da emissora e da Igreja contraria a Constituição Federal que garante a inviolabilidade de consciência de crença e a livre manifestação do pensamento, desde que respeitados os valores éticos e sociais nos programas de TV.

“Ao veicular declarações ofensivas aos cidadãos ateus, a Igreja Internacional da Graça de Deus e a RedeTV! [TV Ômega], com a conivência da União, desrespeitaram a pessoa humana no que se refere ao direito de escolha de sua crença, inclusive o direito de não possuir crença”, afirmou a desembargadora Mônica Nobre, autora do acórdão.

A Justiça prevê de R$ 1 mil por dia em caso de descumprimento da ordem.

1 / 8
1
08:59
Lobão analisa a relação de Bolsonaro com seus filhos
Um dos poucos nomes do meio artístico a apoiar a eleição de Jair Bolsonaro (PSL), o músico Lobão revelou recentemente …
2
08:31
Lobão explica como funciona a mente de Olavo de Carvalho
Em entrevista ao vivo no estúdio da Catraca Livre para o jornalista Gilberto Dimenstein, o cantor Lobão, ex-afeto de Olavo …
3
03:39
Alter do Chão sofre com incêndio de grandes proporções
As chamas que consomem uma área de preservação ambiental de Alter do Chão, em Santarém, no Pará, voltaram a se …
4
09:33
Glenn Greenwald: Os limites do jornalismo no governo Bolsonaro
Em entrevista a Gilberto Dimenstein, da Catraca Livre, Glenn Greenwald, fundador do The Intercept Brasil, site responsável pela série de …
5
03:50
Clã Bolsonaro nomeou familiares para cargos de confiança
Uma reportagem publicada pela revista Época mostra que 17 familiares de Ana Cristina Valle, ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro,  foram …
6
10:59
David Miranda x Coaf: Glenn Greenwald fala sobre a investigação
Uma matéria publicada pelo jornal O Globo deu destaque para um relatório do Coaf, em que o deputado federal David …
7
05:12
Glenn Greenwald fala qual foi a matéria mais importante da #VazaJato
Qual foi a matéria mais importante da #VazaJato até agora? Quem responde essa pergunta é o jornalista Glenn Greenwald, do …
8
04:32
É possível apoiar a #VazaJato ao mesmo tempo que a Operação Lava Jato?
O jornalista Glenn Greenwald, fundador do site The Intercept Brasil, deu uma longa entrevista ao jornalista Gilberto Dimenstein sobre a …