Lista denuncia países que perseguem ativistas de direitos humanos

"O mundo está em dívida com essas pessoas corajosas que defendem os direitos humanos", destaca relatório

Por: Redação | Comunicar erro

Assassinatos, tortura, prisões arbitrárias: na última quarta-feira, 12, a Organização das Nações Unidas (ONU) apresentou um levantamento dos 38 países considerados “vergonhosos” por perseguirem ativistas ligados aos direitos humanos.

Na lista, os vizinhos Colômbia e Venezuela, além de lugares como Cuba,Turquia e Rússia são alguns dos países denunciados por criminalizar vítimas e de violações e seus defensores. No relatório, o secretário-geral da ONU, Antonio Guterres,destacou que castigar ativistas por cooperarem com a organização é, sobretudo, uma prática vergonhosa.”O mundo está em dívida com essas pessoas corajosas que defendem os direitos humanos, que respondem a nossos pedidos de informação e se envolvem com as Nações Unidas para garantir esses direitos”.

Direitos Humanos
Assim como aconteceu no Brasil, protestos foram proibidos durante a realização da Copa do Mundo na Rússia – (Wikipedia)

Além dos países citados, a lista reúne nações das mais distintas regiões do mundo, das quais 29 apresentam novos casos de retaliação: Bahrein, Camarões, China, República Democrática do Congo, Djibuti, Egito, Guatemala, Guiana, Honduras, Hungria, Índia, Israel, Quirguistão, Maldivas, Mali, Marrocos, Mianmar, Filipinas, Ruanda, Arábia Saudita, Sudão do Sul, Tailândia, Trinidad e Tobago, Turquia, Turcomenistão. Outras 19 têm casos de perseguição e represálias em curso.

Entre os países apontados na lista, é comum que os governos acusem os ativistas de direitos humanos de terrorismo ou de cooperar com instituições estrangeiras. Além disso, são acusados de comprometer reputação ou a segurança local. “Há uma tendência inquietante dos governos de usar argumentos de segurança nacional ou falar de táticas terroristas para justificar o bloqueio do acesso à ONU de comunidades e organizações da sociedade civil”. relatório.

O relatório será apresentado na próxima semana ao Conselho de Direitos Humanos, segundo comunicado divulgado pela organização.

1 / 8
1
03:15
Num ato de coragem, MBL pede desculpas publicamente
O jornalista Gilberto Dimenstein e a Catraca Livre já foram diversas vezes vítimas das milícias digitais do MBL com as …
2
03:04
O real motivo do ataque de Bolsonaro ao filme de Bruna Surfistinha
Jair Bolsonaro decidiu atacar o filme realizado por Deborah Secco sobre a ex-prostituta Bruna Surfistinha. Motivo oficial: o filme, usando …
3
02:13
Entenda os desdobramentos do caso Tabata Amaral no PDT
O PDT suspendeu a deputada federal Tabata Amaral e outros sete parlamentares que votaram a favor da reforma da Previdência, …
4
02:03
Incêndio em estúdio de animação em Japão deixa dezenas de mortos
Dezenas de pessoas morreram durante um incêndio criminoso que tomou conta do estúdio de animação da Kyoto Animation, na cidade …
5
02:19
Barragem abandonada corre risco de rompimento no interior de SP
Uma matéria publicada pelo G1 alerta para o risco de rompimento da barragem de água em Iaras, no interior de …
6
02:30
O que significa a gargalhada de Caetano Veloso?
Um vídeo do cantor Caetano Veloso gargalhando está viralizando nas redes sociais. O motivo da piada é a entrevista que …
7
01:51
Site ‘Não me Perturbe’ permite bloquear ligações de telemarketing
A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) lançou o Não me Perturbe, site que permite bloquear ligações de telemarketing. O sistema …
8
02:10
Danilo Gentili faz a mais impactante piada sobre Eduardo Bolsonaro
Foi o ataque mais devastador à Jair Bolsonaro. Não apenas porque suas piadas sobre a indicação de Eduardo Bolsonaro viralizaram …