Livraria dá 1 ano de livros grátis sobre leis para Moro e Dallagnol

“Acreditamos que esse primeiro contato com as leis brasileiras fará bem a suas excelências e ao país”, dizia convite

Por: Redação

A livraria Leonardo da Vinci, localizada no Rio de Janeiro (RJ), anunciou que vai dar um ano de livros sobre Direito grátis para o ministro da Justiça, Sergio Moro, e o procurador Deltan Dallagnol.

Deltan Dallagnol e sergio moro
Crédito: Reprodução/Agência BrasilDeltan Dallagnol e Sergio Moro foram convidados a aprender um pouco sobre as leis do Brasil

A novidade foi anunciada por meio de um post feito no perfil da livraria no Instagram. “Comunicado Livres de estéreis paixões, anunciamos que suas excelências o ministro Sérgio Moro e o procurador Deltan Dallagnol ganham a partir de hoje um ano de graça em livros de Direito na Da Vinci. Sem ressentimentos e divisionismos, nossa decisão mira o futuro. Acreditamos que esse primeiro contato com as leis brasileiras e o pensamento jurídico universal fará bem a suas excelências e ao país. O prêmio só poderá ser usufruído presencialmente. Ministro e procurador, esperamos vocês”, dizia nota.

A empresa reiterou também que, para não haver dúvidas sobre o aproveitamento, “o prêmio só poderá ser usufruído presencialmente”.

À colunista Mônica Bergamo, da “Folha de S. Paulo”, Daniel Louzada, proprietário da livraria, disse: “Somos uma livraria especializada em ciências humanas. Fazemos um diálogo das questões brasileiras”.

Para quem não sabe, em maio, a livraria enviou um exemplar do livro “A Metamorfose”, de Franz Kafka, para o ministro da Educação, Abraham Weintraub.