Livro aborda a infância dos meninos moradores do sertão

A expressão “cabra da peste”, no dizer do povo, virou “caba”, que virou “cabinha”. E assim é conhecida a criança que vive no Cariri cearense, um sertão verde, quase um oásis, em meio ao semiárido brasileiro. Lançado pela editora Peirópolis em julho, o livro Terra de cabinha traz o cotidiano e o imaginário de uma região onde menino vira rei, caça jumento e foge da Caboclinha, uma espécie de caipora das matas. É resultado de uma extensa pesquisa sobre as infâncias conduzida pela jornalista e documentarista Gabriela Romeu em todo o Brasil.

O livro traz histórias, causos, brincadeiras, receitas, tradições, versos e adivinhas. É possível ouvir a voz do cabinha, dos mestres e contadores de histórias, e também da pesquisadora-visitante, que registrou num caderninho as coisas mais interessantes a respeito de como vivem aqueles meninos e meninas para quem o mundo é feito de castelos, árvore é brinquedo e assombração existe, sim, senhor.

"Terra de Cabinha" é resultado do "Infâncias", projeto idealizado pelas jornalistas Gabriela Romeu e Marlene Peret que registra a vida de crianças no Brasil.
"Terra de Cabinha" é resultado do "Infâncias", projeto idealizado pelas jornalistas Gabriela Romeu e Marlene Peret que registra a vida de crianças no Brasil.
"Terra de Cabinha" é resultado do "Infâncias", projeto idealizado pelas jornalistas Gabriela Romeu e Marlene Peret que registra a vida de crianças no Brasil.
"Terra de Cabinha" é resultado do "Infâncias", projeto idealizado pelas jornalistas Gabriela Romeu e Marlene Peret que registra a vida de crianças no Brasil.
"Terra de Cabinha" é resultado do "Infâncias", projeto idealizado pelas jornalistas Gabriela Romeu e Marlene Peret que registra a vida de crianças no Brasil.
"Terra de Cabinha" é resultado do "Infâncias", projeto idealizado pelas jornalistas Gabriela Romeu e Marlene Peret que registra a vida de crianças no Brasil.

No prefácio do livro Terra de cabinha, o artista plástico Gandhy Piorski, estudioso das relações entre infância e imaginário, diz que a obra “nos leva à topologia, à terra, ao chão primordial da infância, à faixa germinal de transformação do real em imaginário”.

“Terra de Cabinha” é um dos resultados do “Infâncias“, projeto idealizado pelas jornalistas Gabriela Romeu e Marlene Peret que registra a vida de meninos e meninas pelo Brasil.

Compartilhe:

1 / 8
1
00s
Quem foi Chico Mendes?
Chico Mendes nasceu em Xapuri, no Acre, em uma família de seringueiros, ofício que herdou de seu pai. Ao longo …
2
01:40
Desvio em fundos de incentivo para mulheres
O Supremo Tribunal Federal e Tribunal Superior Eleitoral determinaram que 30% dos fundos públicos de financiamiento de campanhas sejam destinados …
3
15:17
Sai Jean Wyllys, entra David Miranda
David Miranda, substituto de Jean Wyllys como deputado federal, é o convidado de estreia do programa Entrevista por Catraca Livre. …
4
01:37
Saiba o que muda com o novo decreto de posse de armas
Conforme prometido durante a campanha eleitoral, o presidente Jair Bolsonaro assinou o decreto que flexibiliza a posse de armas no Brasil. …
5
01:27
Rosa para meninas e azul para meninos?
Ao longo da história muita coisa mudou, inclusive a forma como meninos e meninas eram vestidos. No século XVIII, por …
6
01:38
O que é e o que faz o COAF?
O Conselho de Controle de Atividades Financeiras é um órgão de inteligência do governo federal, criado em 1998, para combater …
7
01:51
Brumadinho e a situação das barragens de rejeito no Brasil
De acordo com informações da Agência Nacional de Água (ANA), existem mais de 24 mil barragens no Brasil. Desse total, …
8
01:37
Saiba o que muda com o novo decreto de posse de armas
Conforme prometido durante a campanha eleitoral, o presidente Jair Bolsonaro assinou na manhã desta terça-feira, 15, o decreto que flexibiliza a …