Livro infantil multimídia revela universo musical indígena

Por Eduardo Vessoni

Já estava na hora de mostrar para os pequenos viajantes que a vida indígena vai bem além daquelas imagens estereotipadas dos livros didáticos que reduzem os índios brasileiros a moradores de ocas em matas distantes que realizam tarefas como caçar e pescar.

crédito:  Eduardo Vessoni
– Paiter-suruí se apresentam em Cacoal, Rondônia, durante turnê amazônica da banda Mawaca.

Índio gosta também é de fazer som inspirado nos barulhos que vêm da floresta. E, na hora de fazer música, vale tudo: casco de tracajá, maraca feita com coco e até crânio de macaco que vira chocalho.

Escrito por Berenice de Almeida e Magda Pucci, diretora musical da banda Mawaca, o recém lançado “A floresta canta! Uma expedição sonora por terras indígenas do Brasil” é uma viagem pela riqueza musical dos grupos indígenas em diferentes regiões do Brasil que percorre um longo caminho para explicar em detalhes os sons que saem das florestas e se transformam em canções.

Com ilustrações de Joana Resek e escrito em forma de diário de bordo sonoro com fotos de instrumentos e detalhes geográficos de cada região indígena, o livro descreve uma viagem em diversas etapas com mapas dos lugares visitados e comentários sobre os costumes de cada grupo.

O roteiro sonoro e visual faz paradas em endereços como as terras dos índios yudjá, no Parque Nacional do Xingu; xavante do Mato Grosso; os cantores paiter-suruí de Rondônia; ikolen-gavião, famosos pelos instrumentos de sopro; e dos simpáticos kambeba, do Amazonas.

crédito: Eduardo Vessoni
Paiter-suruí se apresentam em Cacoal, Rondônia, durante turnê amazônica da banda Mawaca.

E para atrair o antenado público infantil, a obra pode ser acompanhada com músicas descritas na publicação pelo celular, via QR Code, ou acessando o site da editora.

Ali, por exemplo, é possível ouvir uma canção tradicional xavante, cantos do povo paiter-suruí e os instrumentos de sopro dos ikolen-gavião.

O lançamento do livro “A floresta canta! Uma expedição sonora por terras indígenas do Brasil”
acontece no dia 21 de fevereiro, a partir das 15h na Livraria da Vila da Fradique Coutinho (Rua Fradique Coutinho, 915, Pinheiros, São Paulo)

Compartilhe:

1 / 8
1
04:17
Estadão, Folha e O Globo apontam possível queda de Bolsonaro
Os jornais O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo e O Globo - de maior circulação no país - …
2
04:56
Maconha e nudez usadas no WhatsApp contra universidades
Entenda como o pensamento de Olavo de Carvalho, guru de Jair Bolsonaro, impactou e instaurou uma crise generalizada em uma …
3
03:22
Teoria da conspiração associa facada em Bolsonaro ao filho Carlos
Teorias conspiratórias são, por definição, baseadas na irrealidade. Em alguns casos, em loucura. Mas uma em especial tem ganhado destaque …
4
04:04
Justiça quebra sigilo bancário de Flávio Bolsonaro e Queiroz
As acusações envolvendo esquemas de corrupção no gabinete de Flávio Bolsonaro estão ganhando um novo capítulo. Pedra no sapato do …
5
02:52
Bolsonaro diz que vai indicar Sergio Moro para vaga no Supremo
O presidente Jair Bolsonaro se comprometeu em indicar o ministro Sergio Moro para uma vaga no Supremo Tribunal Federal. A …
6
03:41
Movimentos estudantis convocam ato contra os cortes na educação
Um ato marcado para esta quarta-feira, 15 de maio, promete mobilizar secundaristas, universitários, pós-graduandos, professores e outros profissionais contra os …
7
06:06
A construção do papel de mãe para quem opta pela adoção
O depoimento de Rosangela Ferreira faz parte do especial Mãe não é tudo igual, que destaca que cada maternidade tem …
8
06:33
O drama de retornar ao trabalho após a licença maternidade
O depoimento de Maria da Conceição faz parte do especial Mãe não é tudo igual, que destaca que cada maternidade …