Últimas notícias:

Loading...

Machismo: Vereadora é eleita para ‘embelezar’ mesa diretora no RS

Única mulher da Câmara de Canguçu, ela foi eleita para um cargo que não concorreu

Por: Redação

A vereadora Iasmin Roloff (PT-RS), de 24 anos, única mulher da Câmara Municipal de Canguçu, foi eleita, sem se candidatar, ao cargo de segunda vice-presidente da mesa diretora para “embelezar” a comissão, segundo declarações de outros vereadores. A justificativa machista repercutiu nas redes sociais.

Machismo: Vereadora é eleita para 'embelezar' mesa diretora no RS
Crédito: Vivian Mattos/Câmara Municipal de Canguçu-RSMachismo: Vereadora é eleita para ‘embelezar’ mesa diretora no RS

A sessão, ocorrida na última quinta-feira, 22, surpreendeu a parlamentar, principalmente devido às justificativas dadas pelos colegas.

“Para embelezar essa mesa aí e dar um ‘tchan’ feminino, tem todo o nosso apoio”, justificou Arion Braga (PP-RS).

Ela paralisou a sessão da Câmara e pediu que fosse votada pela competência e defendeu as mulheres do machismo.

Ela havia se candidatado à presidência da Câmara. Iasmin foi vítima de uma violência de gênero, por ter sido avaliada pela aparência.

“No momento, a sensação foi de inquietação, eu fiquei muito incomodada. Quando os vereadores, todos homens, fazem uma votação e usam como única justificativa a minha aparência, eu sendo mulher acho que se caracteriza como uma violência política de gênero”, disse ela ao jornal “O Globo”.

Agora, a vereadora avalia medidas judiciais contra as declarações machistas. Veja reações nas redes sociais:

Compartilhe: