Maioria do STF suspende transferência de Lula para Tremembé

O ex-presidente deve seguir preso na superintendência da Polícia Federal em Curitiba até o julgamento de habeas corpus

Por: Redação Comunicar erro
Ex-presidente Lula
Crédito: Reprodução / Facebook LulaO ex-presidente Lula está preso pelo caso do triplex em Guarujá (SP)

Por 10 votos a 1, o Supremo Tribunal Federal (STF) acatou nesta quarta-feira, 7, o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para suspender a decisão da juíza Carolina Lebbos, da 12ª Vara Federal de Curitiba, que autorizou a transferência do petista de Curitiba para São Paulo. Apenas o ministro Marco Aurélio Mello votou contra.

O advogado Cristiano Zanin Martins fez os seguintes pedidos ao STF: que conceda liminar para restabelecer a liberdade plena de Lula; suspenda a decisão de Carolina até o julgamento de habeas corpus; e que assegure ao ex-presidente o direito de permanecer em Sala de Estado Maior.

Crédito: Reprodução / PT12 partidos foram ao STF denunciar perseguição a Lula

Com a decisão, Lula deve seguir preso na superintendência da Polícia Federal em Curitiba até que a Suprema Corte julgue uma ação que questiona a atuação do ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sergio Moro, no processo que condenou o petista pelo caso do triplex em Guarujá (SP).

O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF, foi o primeiro a votar e se posicionou a favor da suspensão da transferência para uma instituição prisional de São Paulo. No entanto, ele rejeitou o pedido da defesa para que o ex-presidente fosse libertado. Seu voto foi acompanhado por outros nove magistrados.

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, defendeu que Lula não fosse transferido para um presídio comum, e ainda se manifestou a favor de o petista continuar na superintendência da PF na capital paranaense ou em uma cela especial, de Sala de Estado Maior, em São Paulo.

Marco Aurélio Mello, único ministro a votar contra a recomendação de Fachin, declarou que a decisão de manter o ex-presidente em uma cela especial não caberia ao plenário do Supremo, e sim à Segunda Turma do tribunal.

Entenda o caso

Também nesta quarta, o juiz Paulo Eduardo de Almeida Sorci, da Justiça estadual de São Paulo, determinou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) seja transferido de Curitiba para Tremembé, no interior paulista, para cumprir o restante da pena de 8 anos e 10 meses.

A decisão do magistrado, coordenador e corregedor do Departamento Estadual de Execuções Criminais de São Paulo, foi tomada algumas horas após a juíza federal do Paraná, Carolina Lebbos, determinar a transferência do petista da carceragem da Polícia Federal (PF) em Curitiba para São Paulo. Para evitar a ida de Lula para um presídio comum, a defesa recorreu ao Supremo.

Compartilhe:

1 / 8
1
08:59
Lobão analisa a relação de Bolsonaro com seus filhos
Um dos poucos nomes do meio artístico a apoiar a eleição de Jair Bolsonaro (PSL), o músico Lobão revelou recentemente …
2
08:31
Lobão explica como funciona a mente de Olavo de Carvalho
Em entrevista ao vivo no estúdio da Catraca Livre para o jornalista Gilberto Dimenstein, o cantor Lobão, ex-afeto de Olavo …
3
03:39
Alter do Chão sofre com incêndio de grandes proporções
As chamas que consomem uma área de preservação ambiental de Alter do Chão, em Santarém, no Pará, voltaram a se …
4
09:33
Glenn Greenwald: Os limites do jornalismo no governo Bolsonaro
Em entrevista a Gilberto Dimenstein, da Catraca Livre, Glenn Greenwald, fundador do The Intercept Brasil, site responsável pela série de …
5
03:50
Clã Bolsonaro nomeou familiares para cargos de confiança
Uma reportagem publicada pela revista Época mostra que 17 familiares de Ana Cristina Valle, ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro,  foram …
6
10:59
David Miranda x Coaf: Glenn Greenwald fala sobre a investigação
Uma matéria publicada pelo jornal O Globo deu destaque para um relatório do Coaf, em que o deputado federal David …
7
05:12
Glenn Greenwald fala qual foi a matéria mais importante da #VazaJato
Qual foi a matéria mais importante da #VazaJato até agora? Quem responde essa pergunta é o jornalista Glenn Greenwald, do …
8
04:32
É possível apoiar a #VazaJato ao mesmo tempo que a Operação Lava Jato?
O jornalista Glenn Greenwald, fundador do site The Intercept Brasil, deu uma longa entrevista ao jornalista Gilberto Dimenstein sobre a …