Ministério da Educação pode ter apoiador do ‘Escola sem Partido’

"É um ministério importantíssimo porque o futuro do Brasil passa por ali", ressaltou o presidente eleito na manhã desta quinta-feira, 22

Por: Redação | Comunicar erro
Crédito: Marcelo Camargo/Agência BrasilO Presidente eleito Jair Bolsonaro e os novos comandantes das Forças Armadas, falam com a imprensa após reunião no Comando da Marinha, em Brasília.

Após suposta indicação do educador Mozart Neves, do Instituto Ayrton Senna, para o Ministério da Educação_que causou reação negativa entre os representantes da Frente Evangélica_o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) ressaltou nesta quinta-feira, 22, por meio de seu Twitter, não haver definição sobre o nome para a pasta.

Segundo notícia divulgada pelo jornal O Estado de S.Paulo, o capitão reformado do exército se reunirá com o procurador regional da República do Distrito Federal, Guilherme Schelb. Se confirmada sua indicação, a mudança tende a agradar a bancada evangélica, já que Schelb é declaradamente apoiador do projeto Escola Sem Partido. Outro ponto favorável à sua nomeação deve-se ao fato dele ser contra “discussão de gênero” em sala de aula.

À imprensa Bolsonaro minimizou a polêmica em torno da indicação e ressaltou: “Guilherme Schelb é cotado, sim”, destacou. Disse ainda que a educação escolar deve ser destinada a ensinar disciplinas e que temas relativos a questões de gênero devem ser abordadas pela família.“Escola é lugar de se aprender física, matemática, química e fazer com que no futuro tenhamos um bom empregado, um bom patrão e um bom liberal. Esse é o objetivo da educação.”

Forças Armadas 

Bolsonaro se reuniu na manhã desta quinta-feira, 22, com o Comando da Marinha para tratar sobre as indicações para as Forças Armadas_todos anunciados pelo futuro da defesa, Fernando de Azevedo e Silva. Entre eles, o almirante de esquadra Ilques Barbosa Junior para a Marinha. Edson Leal Pujol para o Exército e o brigadeiro Antonio Carlos Moretti Bermudez, na Força Aérea.

Compartilhe:

1 / 8
1
08:30
Intercept: os principais pontos do depoimento de Moro no Senado
O ministro da Justiça, Sergio Moro, prestou esclarecimentos em audiência na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça do Senado) sobre …
2
04:04
E se Carlos Bolsonaro fosse gay?
O ex-deputado Jean Wyllys fez uma série de posts em sua rede social apontando que Carlos Bolsonaro, o filho 02 …
3
03:02
Empresas usaram disparos no WhatsApp durante eleição de Bolsonaro
Uma reportagem publicada pela Folha de S. Paulo mostra que empresas brasileiras contrataram uma agência de marketing na Espanha para …
4
01:49
Senado diz não e derruba o decreto de armas de Bolsonaro
O Senado votou na terça-feira, 18, o parecer que pede pela suspensão dos decretos que flexibilizam o porte e a …
5
03:54
Bancada do PSL passa vergonha ao convocar e desconvocar Glen Greenwald
O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) apresentou na quarta-feira, dia 12, um requerimento na Comissão de Segurança Pública da Câmara …
6
03:48
O melhor jornal do mundo faz a pior reportagem para Bolsonaro
Essa é a pior reportagem já publicada num jornal estrangeiro contra Jair Bolsonaro. Por dois motivos: saiu no mais importante …
7
03:47
A estranha conexão entre o caso Najila Trindade e Sérgio Moro
O jornalista Gilberto Dimenstein publicou em sua coluna no site Catraca Livre um texto em que conecta dois casos de …
8
03:04
Entendas os possíveis impactos do vazamento das mensagens de Moro
O site The Intercept Brasil divulgou trechos de mensagens trocadas entre o então juiz Sérgio Moro, atual ministro da Justiça, …