Últimas notícias:

Loading...

Mostra de cinema arrecada doações para desabrigados das enchentes

Ingressos custam 1 kg de alimento não perecível

Por: Redação

A Cinemateca de Curitiba promove, de 17 até 23 de julho, a 1ª Mostra de Filmes Solidários, em prol das vítimas das fortes chuvas que ocorreram em junho, no Paraná. O ingresso é um quilo de alimento não perecível.

Reprodução
“Ensaio sobre a Cegueira”, de Fernando Meirelles, está na programação

A Mostra exibe filmes de longa e curta metragem, selecionados pela documentarista e antropóloga Eveline Stella de Araújo. A lista inclui curtas e longas-metragens, como “Ensaio sobre a Cegueira”, de Fernando Meirelles, e “José Saramago e Pilar”, de Miguel Gonçalves Mendes, entre outros.

Quinta, 17/7

16h – sessão para jovens: “Praça do Skate” (45 min), de Paulo China; sequência de 6 curtas-metragens das Oficinas Kinoforum: “Graffite” (6 min), “Sabia que isso faz mal?” (6 min), “E agora?” (5 min), “Blues de Sarjeta” (6 min) – 68 min.

Sexta, 18

16h30 – sessão para jovens: “Pise fundo meu irmão” (20 min), de Vitor Miranda; “O Sonho de Daniel” (5 min) e “Descobrindo o amor” (6 min), de CJ-Sapopemba. Das Oficinas Kinoforum “Silhuetas na Janela” (8 min), “Samba Canção” (4min) “A velha fábrica de Portland” (5 min), “Recordatórios Piratas” (7 min), “Toque” (5 min) e “Surdo Mundo” (5 min), das Oficinas Kinoforum – 65 min.
18h: “O Arquiteto e a Cidade Velha” (66 min), de Catarina Alves Costa . “A Arte e a Rua” (44 min), de Rose Satiko e Carolina Caffé – 110 min.
20h: “Ensaio sobre a Cegueira”, de Fernando Meirelles – 121 min.

Sábado, 19

15h – sessão para crianças: “O Menino Maluquinho 2” (90 min) , de Fernando Meirelles, e os curtas-metragens “Caixa D’água”(15 min), de Thaís Scabio e Gilberto Caetano; “Graffiti-Dança” (12 min), do coletivo Jamac – 117 min.
17h30: Os curtas-metragens “A velha fábrica de Portland” (5 min), “Recordatórios Piratas” (7 min), “Contos da Gruta” (5 min), “Sujeira causa doideira”( 4 min), “Enchentes: reflexões sobre seus atos” (5 min), “Um grito” (10 min), “Caminhos” (4 min); “Recorte Paulistano” (4min),“Pueril” (12 min) das Oficinas Kinoforum; e o curta “Sangoma” (36 min), do coletivo NCA – 73 min.
19h: “José Saramago e Pilar”, de Miguel Gonçalves Mendes – 128 min.

Domingo, 20

16h – sessão para a terceira idade: “O fado é bom demais” (33 min), de José Machado Pais; “Fandango em Rio dos Patos” (22 min); e os curtas “Moderna-idade” (9 min) e “Ícaro da Silva” (5 min), das Oficinas Kinoforum – 69min.
17h30: Sobre diversidade: “Golden Scars” (62 min), de Alexandrine Boudreault-Fournier; “Do São Francisco ao Pinheiros” (70 min) sobre os índios Pankararu, de Paula Morgado – 132 min.

Terça, 22

17h: Curtas-metragens sobre diversidade: “Instalações” (42 min), de Geslline Braga; “Allahu Akbar – Deus é maior” (29 min), de Francirosy Ferreira; “Djandjuna” (36 min), direção do Coletivo NCA; “Identidade” (12 min), do coletivo Jamac – 119 min.
19h: “A Arte e a Rua” (44 min), de Rose Satiko e Carolina Caffé “Golden Scars” (62 min), de Alexandrine Boudreault-Fournier – 108 min.

Quarta, 23

16 h – sessão para crianças:“O Menino Maluquinho 2” (90 min) , de Fernando Meirelles, e os curtas-metragens “A lenda de Paulo Ligeirinho” (9 min), “Uma menina como outras mil” (4 min), das Oficinas Kinoforum – 103 min.
19h – uma sequência de cinco curtas: “Sangoma” (56 min), do coletivo NCA,“Pulso, um vídeo com Alessandra” (32 min) e “Prelúdio” (13 min), de Rose Satiko; “Iburi – Trompete dos Ticuna” (13 min), de Edson Matarezio; – 114 min.
[tab:END]

Compartilhe:

Tags:#Cinema