MP identifica tipo físico de assassino de Marielle Franco

Descoberta foi feita por meio de programas de computador de alta tecnologia

Por: Redação | Comunicar erro

Quase sete meses após o assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes, o Ministério Público Estadual anunciou na manhã desta quinta-feira, 11, a descoberta do biotipo de um dos participantes do crime cometido em março deste ano, na região central do Rio de Janeiro.

A evidência foi concluída por meio de programas de computador de alta tecnologia, que, além das características do atirador, também detectou novos locais por onde percorreu o veículo usado pelos criminosos.

Apesar disso, as informações não foram divulgadas à imprensa por conta da “importância do sigilo para que linhas de investigação não sejam prejudicadas e o trabalho possa resultar em uma conclusão correta para punição de todos os envolvidos”.

Marielle Franco
Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes foram assassinada no centro do Rio de Janeiro, em março deste ano 

Em meio à investigação, os promotores que atuam no caso também estiveram no Presídio Federal de Mossoró para ouvir o preso Orlando Curicica, apontado como um dos principais nomes envolvidos no caso. Na busca por respostas, o MPRJ contou com o apoio da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, que compartilhou o depoimento prestado por Curicica aos procuradores federais.

Ainda no anúncio, os promotores da 23ª Promotoria de Investigação Penal e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco/MPRJ) esclareceram que os avanços das apurações são repassados aos familiares das vítimas./Com informações do jornal Extra. 

Compartilhe: