MP pede prisão preventiva de médico suspeito de abusos sexuais

Prefeito afastado de Uruburetama, José Hilson de Paiva é acusado de abusar de pacientes e filmar crimes

Por: Redação
Crédito: ReproduçãoJosé Hilson de Paiva disse que as denúncias são uma jogada da oposição que quer “derrubá-lo”

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) pediu à Justiça a prisão preventiva do médico e prefeito afastado de Uruburetama, José Hilson de Paiva, suspeito de cometer abusos sexuais. A solicitação foi divulgada pelo órgão nesta quinta-feira, 18, e confirma a preventiva feita pela Polícia Civil.

De acordo com informações do G1, a Promotoria de Justiça de Uruburetama justificou o pedido de prisão afirmando que o médico pode comprometer as investigações por sua “influência no município e no meio político”.

O portal teve acesso a 63 vídeos, feitos pelo próprio acusado, com as pacientes dentro do consultório. Segundo a Associação Médica Brasileira, as imagens mostram “claramente” um caso de estupro das vítimas.

O médico, no entanto, disse que as denúncias são uma jogada da oposição que quer “derrubá-lo”. Ele foi impedido pelo Conselho Regional de Medicina do Ceará de exercer a profissão de médico por seis meses.

O advogado Leandro Vasques, que representa a defesa de José Hilson, afirmou ao G1 que a lei pode favorecer o médico, pois “os fatos constantes nos vídeos já foram sufocados pelo tempo, como se fosse uma espécie de prescrição”.

VEJA COMO DENUNCIAR ASSÉDIO E ESTUPRO

Denúncias 

José Hilson de Paiva, de 70 anos, há décadas cometia abusos sexuais e os filmava. Ele foi denunciado por, pelo menos, 63 violações sexuais mediante fraude, o mesmo crime pelo qual responde o médium João de Deus.

A denúncia foi divulgada, neste domingo, 14, pelo programa ‘Fantástico’ da TV Globo. Hilson filmou todos os crimes. Nas filmagens, o médico chama as vítimas de “bebê” enquanto comete os abusos.

Os abusos ocorriam em dois consultórios do médico, sendo um deles em sua própria casa. O outro fica no hospital público da cidade, que tem cerca de 20 mil habitantes.

Seis vítimas do médico deram entrevista ao ‘Fantástico’ e relataram histórias semelhantes. Uma delas contou que foi abusada pela primeira vez aos 14 anos e disse só ter voltado a se consultar porque o prefeito também é o único ginecologista da cidade. Os relatos parecidos contam que José Hilson colocava os seios delas na boca e sugava sob o pretexto de identificar se havia secreção nas mamas – que também se repete em praticamente todos os vídeos no qual ele aparece cometendo os abusos.

As imagens foram mostradas para o membro da Associação Médica Brasileira, Diogo Leite Sampaio, que afirmou à reportagem não haver qualquer procedimento médico que se assemelhe ao praticado pelo ginecologista. “Isso é um crime”, resumiu Sampaio.

1
Chuva forte deixa São Paulo debaixo d’água
A chuva que começou ontem não deu sinal de trégua e fez São Paulo amanhecer debaixo d’água nesta segunda-feira, 10. …
2
Coronavírus: aviões da FAB vão retirar brasileiros de Wuhan, na China
Dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) decolaram nesta quarta-feira, 5, em direção a Wuhan, na China, para retirar os …
3
BBB20: Mulheres decidem o destino de Pétrix Barbosa
A união das mulheres  decidiu o destino de Pétrix não apenas no Big Brother Brasil 20, mas também fora da …
4
Damares Alves: abstinência sexual, protesto e contradição?
Por que este grupo de mulheres deu as costas para a ministra Damares Alves enquanto ela defendia sua política de …
5
Bolsonaro e a demissão do secretário que viajou com jato da FAB
O presidente Jair Bolsonaro anunciou em sua conta no Twitter que vai tornar sem efeito a nomeação de José Vicente …
6
Visibilidade trans: a história de Thais de Azevedo
O que é violência para você? Para Thais de Azevedo essa pergunta resume uma trajetória de vida. Como mulher trans, …
7
Qual o impacto do feminismo na periferia ? Luana Hansen dá a letra
Dj, MC e produtora musical, Luana Hansen fez e faz história no movimento hip hop há, pelo menos, duas décadas. …
8
Brumadinho: relatos lembram a maior tragédia socioambiental do Brasil
Há um ano, a cidade de Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte (MG) viveria um pesadelo difícil de ser esquecido.Era …