Neto é preso suspeito de expulsar avó com Alzheimer de casa

Idosa tem Alzheimer e homem mantinha local trancado para que ela não pudesse voltar

Por: Redação

A polícia prendeu um homem de 42 anos suspeito de expulsar a avó, de 87 anos, de casa para ficar com o imóvel para usar o local como ponto de consumo de drogas. O caso ocorreu em Pontalina, no sul de Goiás.

Crédito: Divulgação/Polícia Civil de GoiásIdosa tem Alzheimer e homem mantinha local trancado para que ela não pudesse voltar

De acordo com o G1, o neto morava em uma outra casa com a mãe. “Por ser usuário de drogas, vendeu tudo que tinha nela, quebrou tudo, então não tinha mais como morar lá. Então, ele passou a ir morar com a avó”, disse o delegado Patrick Carniel.

Além de expulsar as pessoas que moravam junto com a idosa, que tem Alzheimer, o homem mantinha a casa trancada para que ninguém pudesse voltar.

Ele vai responder por expor em perigo a integridade e saúde do idoso.

Compartilhe: