Informar

No Quênia, idosas aprendem defesa pessoal em combate ao estupro

Por: Redação | Comunicar erro

Um grupo de idosas de uma favela em Nairóbi, na capital do Quênia, organiza encontros semanais para treinar técnicas de defesa pessoal em resposta aos casos de estupro. Na região, as mulheres mais velhas se tornaram alvo de abuso sexual, pois têm menores chances de serem HIV positivo. Atualmente, o país enfrenta uma epidemia de Aids.

No Quênia, as mulheres vivem sob contrante ameaça de serem vítimas de estupro. De acordo com a ONU, as quenianas têm 30% de chance de sofrer algum tipo de abuso sexual durante a infância ou adolescência.

As idosas se uniram em defesa aos casos de estupro no Quênia
Crédito: HeloisaAs idosas se uniram em defesa aos casos de estupro no Quênia

Assista ao vídeo abaixo e confira as histórias de idosas que participam das aulas de defesa pessoal:

Compartilhe: