Noruega congela repasse de R$ 133 mi para preservação da Amazônia

Noruega doou 94% para Fundo Amazônia, responsável pelas ações de preservação ambiental e combate ao desmatamento na região

Por: Redação | Comunicar erro

Após a Alemanha, o ministro do Clima e Meio Ambiente da Noruega, Ola Elvestuen, anunciou nesta quinta-feira, 15, a suspensão do repasse de 300 milhões de coroas noruguesas_equivalente a R$ 133 milhões, revertidos em projetos contra o desmatamento no Brasil.

A medida, segundo o jornal norueguês Dagens Næringsliv, se deu porque para Elvestuen o atual governo não cumpre o acordo de preservação da Floresta Amazônica.

A preocupação dos noruegueses faz sentido: em julho deste ano, a área da Amazônia com alerta de desmatamento subiu 278% em relação a 2018, segundo informações do Instituto de Pesquisas Espaciais (Inpe). Hoje, a Noruega é a principal financiadora do Fundo Amazônia, programa de maior relevância de combate ao desmatamento no País.

Crédito: luoman / iStockNoruega doou 94% para Fundo Amazônia, responsável pelas ações de preservação ambiental e combate ao desmatamento na região – luoman / iStock

Para o ministro brasileiro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, por conta das negociações do fundo ainda estarem em andamento, a decisão de reter repasses à iniciativa pode ser vista como “natural”. “As tratativas sobre o Fundo Amazônia ainda não foram concluídas, portanto é natural que novas contribuições aguardem esse desfecho”, declarou o ministro à reportagem.

O corte também pode ser encarado como uma resposta à declração de Salles que, na semana passada, criticou a Noruega em audiência pública na Câmara. Segundo o ministro, o até então aliado não tinha moral para falar sobre desmatamento no Brasil, devido às suas políticas ambientais. “A Noruega é o país que explora petróleo no Ártico, eles caçam baleia. E colocam no Brasil essa carga toda, distorcendo a questão ambiental”, disse o ministro.

Em nota, dois dias depois, a embaixada rebateu a acusação ressaltando que “está comprometida a continuar com a gestão responsável, prudente e sustentável dos seus recursos petrolíferos”. E ressaltou que sua indústria petrolífera”é líder global em padrões de saúde, segurança e proteção ambiental”.

E encerrou ressaltando a rigorosa regulam

“As atividades petrolíferas norueguesas estão entre as mais limpas do mundo, devido à rigorosa regulamentação governamental e aos altos padrões tecnológicas da indústria norueguesa”, informou a embaixada.

Compartilhe:

1 / 8
1
05:46
Os melhores tipos de música que ajudam na gravidez
A partir do sexto mês de gestação, a criança já tem audição definida. Quais são os estímulos e efeitos que as …
2
03:26
Frota reconhece uso de ‘fake news’ na eleição de Bolsonaro
Na última edição do Roda Viva, da TV Cultura, o deputado federal Alexandre Frota (PSL) revelou que sabia sobre o …
3
04:24
Jatinhos: Bolsonaro ataca Huck, mas não fala nada de Hang
Após receber críticas de Luciano Hulk, o presidente Jair Bolsonaro resolveu mostrar o financiamento que o apresentador  recebeu do BNDES …
4
04:15
Bolsonaro recuará na indicação de Eduardo para embaixada ?
O presidente Jair Bolsonaro (PSL) admite, pela primeira vez, que existe a possibilidade dele não indicar seu filho, o deputado …
5
02:29
Sequestro na Ponte Rio-Niterói termina após mais de três horas
Um homem armado entrou em um ônibus e manteve 37 reféns no início desta terça-feira, 20, na Ponte Rio-Niterói, via …
6
06:43
Após ser acusado de comunista, Dimenstein cobra provas de Hasselmann
A deputada federal Joice Hasselmann perdeu a calma nas redes sociais ao atacar o jornalista Gilberto Dimenstein, acusando-o de militante …
7
04:53
Netflix e KondZilla lançam ‘Sintonia’, da periferia para o mundo
KondZilla tem razão quando afirma: "A favela venceu". “Sintonia”, a nova série da Netflix, prova isso. A ideia original é dele …
8
04:21
Sinais que indicam problemas no estômago
Ter tosse seca pode ser um sinal que o seu estômago não vai muito bem. Hoje, o Dr. Raul Cutait, médico …